História do Sporting Clube da Covilhã
Turé
Terça, 29 Novembro 2022 00:00

Amadu Turé concluiu as camadas jovens no GD Tourizense e realizou a sua estreia a nível sénior com as cores do FC Oliveira do Hospital, que participava na 3ª Divisão Nacional, assumindo logo algum protagonismo pelos golos que ia assinando. A carreira de Turé prosseguiu depois por Vila Flor SC, Alcanenense e GD Bragança, antes de assinar pelo Sporting da Covilhã na época 2017/2018 como reforço para as funções atacantes. Na única temporada com a camisola serrana, Turé não revelou a veia goleadora das épocas anteriores, visto que apenas apontou um golo (que possibilitou um empate a 1-1 no terreno do CD Nacional) nos 15 jogos oficiais em que participou. Turé rumou posteriormente ao CDC Montalegre, jogando em seguida por GS Loures, Benfica e Castelo Branco, SC Salgueiros e União de Santarém, que representa neste momento na Liga 3. Que memórias permanecem de Turé no emblema serrano? 

Actualizado em Terça, 29 Novembro 2022 09:37
 
Portimonense SC 2 SC Covilhã 0
Domingo, 27 Novembro 2022 00:00

Na 2ª jornada do Grupo E da Taça da Liga 2022/2023, o Sporting Clube da Covilhã deslocou-se ao recinto do primodivisionário Portimonense Sporting Clube e foi derrotado por 2-0, sofrendo um golo em cada uma das partes do jogo.

A formação algarvia não precisou de muito tempo para abrir o marcador deste encontro, visto que logo aos 7 minutos, Ricardo Matos atirou a contar para o fundo das redes visitantes, embora o lance ainda tenha sido anulado pelo árbitro João Gonçalves, no entanto, o VAR indicou como legal a posição do jogador local e o tento foi validado. O onze orientado por Alex Costa tentou responder à desvantagem madrugadora, mas não foi suficientemente forte para perturbar os anfitriões, que estiveram perto de novos festejos em cima da meia hora, quando Bruno Reis surgiu sozinho e rematou para as mãos de Bruno Bolas. Nos instantes finais da primeira parte, o conjunto serrano revelou-se mais perigoso e ameaçou igualar a partida em duas situações: aos 40 minutos, o guardião Kosuke Nakamura esteve atento e afastou para longe a bola cruzada da direita; e aos 45+1 minuto, o remate cruzado de Jorginho passou muito perto do êxito, não conseguindo impedir a vantagem algarvia para o período de descanso.

Na segunda parte, o jogo continuou em ritmo pouco acelerado e foi necessário aguardar pelo minuto 71 para assistirmos a uma jogada de maior emoção, pois, o japonês Kosuke foi obrigado a eficaz oposição diante de Jorginho para evitar o empate. O Portimonense percebeu que o triunfo não estava garantido e arrancou para uma fase de clara superioridade, criando uma acção bastante perigosa para a baliza covilhanense aos 73 minutos através de Róchez, que cabeceou para uma grande intervenção de Bruno Bolas. E aos 76 minutos, os locais aumentaram mesmo a contagem por Anderson, que atirou certeiro após uma boa jogada colectiva e fixou o resultado em 2-0. O emblema anfitrião ainda teve duas oportunidades para alcançar um desfecho mais volumoso, porém, o remate de Seck aos 83 minutos foi ao poste e a iniciativa de Luquinha aos 87 minutos passou ao lado das redes serranas. A última jornada desta competição está agendada para o dia 14 de Dezembro, com o Sporting da Covilhã a receber o CD Nacional no Estádio Santos Pinto. 

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20222023/allianzcup/2/10

Actualizado em Domingo, 27 Novembro 2022 15:42
 
Diarra
Terça, 22 Novembro 2022 00:00

Boubakary Diarra nasceu em França, mas também possui a nacionalidade do Mali, pelo qual chegou a jogar nas selecções jovens, tendo terminado os escalões de formação com a camisola do histórico emblema italiano Torino FC. Depois de jogar em Itália nas divisões inferiores, Diarra rumou ao campeonato da Lituânia para representar o FK Kruoja Pakruokis, de onde transitou para o Sporting da Covilhã no início da época 2015/2016. Diarra permaneceu no nosso clube durante três temporadas, nas quais efectuou 103 jogos oficiais e apontou cinco golos, sendo uma unidade importante no meio campo da equipa serrana. As boas exibições com as cores covilhanenses valeram a Diarra a assinatura de um contrato com o primodivisionário CD Tondela, mas a estadia na Beira Alta foi curta e o médio franco-maliano regressou a Itália para jogar no FC Rieti. Posteriormente, Diarra voltou a Portugal para representar o CD Cova da Piedade e o Varzim SC, porém, a sua carreira evoluiu depois por Kuwait, Arábia Saudita e Malta, onde joga actualmente no Mosta FC na 1ª Liga deste país. Que lembranças permanecem de Diarra com a camisola covilhanense?

Actualizado em Terça, 22 Novembro 2022 10:09
 
SC Covilhã 2 Gil Vicente FC 2
Domingo, 20 Novembro 2022 00:00

Alipour aponta o castigo máximo para o 2-2 final

O Sporting Clube da Covilhã esteve muito perto de entrar com uma vitória no Grupo E da Taça da Liga, mas a cobrança certeira de um pontapé de penálti aos 90+3 minutos permitiu ao primodivisionário Gil Vicente Futebol Clube conquistar um ponto, visto que esse lance colocou o 2-2 como desfecho deste encontro.

O emblema de Barcelos esteve mais forte na fase inicial do jogo, não demorando a dar sério trabalho ao guardião Bruno Bolas, que foi obrigado a uma intervenção atenta logo aos 7 minutos, pois, a acção de Kevin Medina levava a bola para as redes locais. Os visitantes inauguraram mesmo o marcador aos 16 minutos pelo goleador Fran Navarro na cobrança de um pontapé de penálti, originado pela mão de Ângelo Meneses na área serrana, com o árbitro Hélder Carvalho a seguir a indicação do VAR. Os comandados de Alex Costa tentaram inverter o rumo dos acontecimentos, porém, o Gil Vicente esteve em bom plano e por duas vezes ameaçou dilatar a diferença: aos 32 minutos, Matheus Bueno atirou por alto em zona frontal; e aos 43 minutos, por pouco que Fran Navarro não chegou a tempo de empurrar a redonda vinda do lado direito, deixando a margem mínima como desfecho da primeira parte. Pelo meio, um remate de Fatai provocou alguma animação nas hostes locais, mas a bola passou ao lado da baliza minhota.

Após o intervalo, o SC Covilhã revelou-se mais empreendedor e conseguiu algum ascendente na partida, contudo, quase que sofria novo tento aos 62 minutos, quando o iraniano Alipour surgiu isolado diante de Bruno Bolas e rematou um pouco ao lado das redes adversárias. Passado este susto, o onze covilhanense assinou dois momentos de bom futebol e virou o marcador a seu favor em poucos instantes: aos 65 minutos, Diogo Rodrigues cruzou da direita para Gildo atirar para o fundo da baliza barcelense; e aos 68 minutos, o cruzamento efectuado por Jorginho na esquerda teve a devida sequência no remate do jovem Diogo Cornélio, que provocou uma onde de festejos no Estádio Santos Pinto. A partida estava muito animada e não faltaram motivos de interesse, visto que aos 70 minutos, Gilberto apontou um livre directo para boa defesa do guarda-redes Andrew, e aos 72 minutos, um remate longínquo de Vítor Carvalho levou a redonda à barra da baliza local. E foi com a formação serrana a controlar a partida que o Gil Vicente acabou por alcançar a igualdade aos 90+3 minutos, pois, um passe infeliz de Zé Tiago lançou Alipour para a área anfitriã, onde Ângelo Meneses derrubou o avançado minhoto e provocou um pontapé de penálti, que o próprio Alipour converteu no 2-2 para alegria dos apoiantes gilistas presentes no recinto covilhanense. O Sporting da Covilhã deixou assim escapar o triunfo na primeira ronda do Grupo E da Taça da Liga, seguindo-se aa deslocação ao terreno do Portimonense no próximo domingo para disputa da segunda jornada da prova.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Fpto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20222023/allianzcup/1/9

Actualizado em Domingo, 20 Novembro 2022 21:45
 
Caio Quiroga
Terça, 15 Novembro 2022 00:00

O médio brasileiro Caio Quiroga percorreu todos os escalões jovens do histórico Flamengo, onde chegou a integrar o plantel principal, embora actuando na equipa sub-20, sendo depois emprestado ao AS Arapiraquense e ao Ituano FC. Após uma passagem pelo Luverdense EC, Caio Quiroga rumou ao futebol português para representar o CD Sobrado, na altura a participar no Distrital da AF Porto, pelo qual realizou exibições que chamaram a atenção do Sporting da Covilhã, que o contratou para a época 2018/2019. Com a camisola serrana, Caio Quiroga participou em 16 jogos oficiais, nos quais marcou um golo, que neste caso valeu um triunfo sobre a Oliveirense por 1-0 na 8ª jornada da 2ª Liga. A meio da temporada, Caio Quiroga regressou ao Brasil, onde tem jogado em diversos emblemas, representando actualmente o Clube Sociedade Esportiva no estado de Alagoas. Que memórias permanecem de Caio Quiroga com as cores covilhanenses?

Actualizado em Terça, 15 Novembro 2022 16:17
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 234
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2847535