História do Sporting Clube da Covilhã
Bruno Severino
Terça, 07 Agosto 2018 00:00

Bruno Severino iniciou a actividade futebolística no FC Barreirense, onde cumpriu todos os escalões jovens, com excepção de uma época de iniciados em que representou o Sporting CP. A estreia a nível sénior também foi no emblema alvi-rubro do Barreiro, que na altura militava na 2ª Divisão de Honra, mas depois Bruno Severino rumou ao Gondomar SC, rubricando excelentes exibições que a meio da temporada o levaram até à 1ª Liga para envergar a camisola do Vitória de Setúbal. Posteriormente, Bruno Severino regressou ao Gondomar, seguindo-se Beira-Mar e Desportivo das Aves antes de ingressar no Sporting da Covilhã na época 2010/2011, em que ajudou o nosso clube a alcançar a manutenção no segundo escalão. Bruno Severino participou em 29 jogos oficiais pelo conjunto serrano, nos quais apontou dois golos, ficando na memória as suas arrancadas pelos extremos e a cobrança de livres directos. Após a passagem pelo onze covilhanense, Bruno Severino voltou ao Vitória sadino para actuar novamente na 1ª Liga, prosseguindo depois a carreira por Torreense, Pinhalnovense, Moura, Barreirense e Fabril do Barreiro, que representou na temporada transacta no Distrital da Associação de Futebol de Setúbal. 

Actualizado em Terça, 07 Agosto 2018 09:05
 
Marcelino Alves
Terça, 31 Julho 2018 00:00

Marcelino Alves terminou o percurso de formação no Sporting da Covilhã e devido à qualidade demonstrada em terrenos atacantes foi integrado no plantel principal logo na primeira época como sénior em 1951/1952. Tendo em conta a valia da formação serrana, que naqueles tempos era presença habitual na 1ª Divisão Nacional e com boas classificações, Marcelino não teve muitas oportunidades para brilhar com a camisola covilhanense. No entanto, Marcelino foi titular num jogo da Taça de Portugal com o SL Benfica a contar para os Quartos de Final, em que o onze serrano conseguiu uma igualdade a duas bolas em Lisboa, mas acabou eliminado devido à derrota sofrida na Covilhã na primeira mão. Marcelino integrou o plantel covilhanense durante três temporadas e terá deixado memórias das suas exibições…

Actualizado em Terça, 31 Julho 2018 09:31
 
Bruno Pereira
Terça, 24 Julho 2018 00:00

Bruno Pereira fez todo o percurso dos escalões jovens no FC Vizela, onde se salientou pelas suas exibições no meio campo, tendo ascendido a sénior no emblema minhoto e permanecido durante três temporadas na 2ª Divisão B. Bruno Pereira rumou depois ao Portosantense, actuando três anos pelo conjunto madeirense, antes de assinar pelo Sporting da Covilhã para a época 2006/2007, com o nosso clube a militar na Série C da 2ª Divisão B. A passagem de Bruno Pereira pela formação covilhanense ficou marcada por uma lesão que impediu maior influência na equipa, porém, ainda demonstrou a sua capacidade técnica no sector intermediário em algumas partidas dos serranos, numa época que também não foi feliz a nível colectivo, visto que o Sporting da Covilhã esteve quase sempre longe da luta pela subida à 2ª Liga. A carreira de Bruno Pereira prosseguiu posteriormente por diversos clubes, em concreto, Portosantense, GD Ribeirão, AD Fafe, Salgueiros, Infesta e Travassós, mas certamente que ficaram registos das suas actuações com a camisola serrana…

 

Actualizado em Terça, 24 Julho 2018 09:12
 
CD Mafra 2 SC Covilhã 0
Sábado, 21 Julho 2018 00:00

O Sporting Clube da Covilhã foi afastado da Taça da Liga, agora designada por Allianz Cup, ao ser derrotado pelo Clube Desportivo de Mafra por 2-0 na primeira eliminatória da competição, com os golos da formação local a acontecerem na segunda parte do jogo.

A primeira parte do encontro não teve um ritmo muito elevado e foi quase sempre equilibrada, embora revelando um conjunto serrano mais rematador, o que obrigou o guardião João Godinho a três atentas intervenções para evitar os festejos forasteiros. Após a meia hora, o encontro ganhou alguma dinâmica e dois lances são merecedores de referência: aos 34 minutos, Bruninho cruzou da esquerda para o cabeceamento de Zé Tiago para as mãos de Vítor São Bento; e aos 41 minutos, um forte remate de Gilberto levou a bola a passar um pouco por cima da baliza anfitriã. Ao intervalo: 0-0.

Na etapa complementar, o Mafra aproveitou o vento favorável para pressionar o onze covilhanense e aos 51 minutos deu o primeiro sinal de perigo por Gonçalo Abreu, que colocou a redonda em zona privilegiada, mas Bruninho falhou o remate triunfal. No entanto, e apesar da oposição serrana, os mafrenses chegaram mesmo ao tento inaugural aos 68 minutos, quando Gonçalo Abreu cruzou para o desvio infeliz de Jaime para a própria baliza, com Bruninho também na jogada. Os comandados de Dito partiram em busca do empate, mas não conseguiram esse objectivo, consentindo ainda o segundo golo do Mafra aos 83 minutos por intermédio de Flávio Silva, devidamente assistido por Zé Tiago. Com a eliminação no horizonte, os serranos procuraram minimizar o resultado, porém, do outro lado, o Mafra também não deixou de tentar aumentar a contagem, possibilitando algum trabalho ao guarda-redes São Bento. O último apito do árbitro António Nobre confirmou o afastamento do Sporting da Covilhã da Taça da Liga 2018/2019, ficando agora focado na preparação para a estreia na Segunda Liga.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/allianzcup/1/3

Actualizado em Sábado, 21 Julho 2018 20:01
 
Medeiros
Terça, 17 Julho 2018 00:00

Medeiros teve papel de destaque no sector defensivo dos escalões de formação do Belenenses, sendo mesmo considerado uma grande esperança para o emblema lisboeta, que chegou a representar na 1ª Divisão Nacional. No entanto, a carreira de Jaime Medeiros não evoluiu no sentido que prometia anteriormente e foi jogar para o GD Peniche no escalão secundário, onde o Sporting da Covilhã o foi contratar para a época 1967/1968. Na única temporada em que envergou a camisola serrana, Medeiros apresentou-se como um pilar da defesa, ajudando o nosso clube a realizar um campeonato tranquilo na Zona Norte da 2ª Divisão Nacional, com um 10º lugar na classificação final, mas depois de ter passado quase toda a prova na primeira metade da tabela. Jaime Medeiros também participou em jogos da Taça de Portugal, em que a formação covilhanense eliminou o CD Gouveia e o GD Peniche, antes de ser afastada da competição pelo FC Porto nos Oitavos de Final. No total, Medeiros efectuou 25 partidas oficiais pelo emblema serrano, nos quais apontou somente um golo, em concreto na derrota caseira por 2-3 com o União de Tomar, precisamente a equipa que garantiu a subida à 1ª Divisão Nacional nessa temporada. Que recordações permanecem das exibições de Medeiros?

Actualizado em Terça, 17 Julho 2018 08:52
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 8 de 163
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1550713