História do Sporting Clube da Covilhã
FC Famalicão 0 SC Covilhã 2
Sábado, 03 Agosto 2019 00:00

O Sporting Clube da Covilhã garantiu a presença na fase de grupos da Taça da Liga ao vencer no terreno do primodivisionário Futebol Clube de Famalicão por 0-2, com golos apontados por Jean Batista e Silva durante a primeira parte do encontro, ficando agora a aguardar pelo sorteio que definirá os três opositores da próxima fase da prova.

Os minhotos entraram em campo dispostos a controlar o jogo, mas sem dinâmica suficiente para colocar a formação serrana em sérias dificuldades, com os comandados de Ricardo Soares sempre atentos a rápidas saídas em contra ataque. E apesar de uma tendência mais rematadora por parte do Famalicão, foram mesmo os visitantes que chegaram ao golo e logo em dose dupla: aos 29 minutos, Tiago Moreira progrediu pela direita e cruzou para Jean Batista antecipar-se ao guardião Defendi e inaugurar o marcador; e aos 33 minutos, Daniel Martins colocou uma bola longa para Defendi falhar diante de Silva e permitir que o avançado covilhanense fizesse o segundo tento da sua equipa ainda antes do tempo de descanso. Ao intervalo: 0-2.

Perante a desvantagem de duas bolas, o Famalicão procurou na segunda parte uma reacção mais convincente do que a evidenciada no final da etapa inicial, no entanto, continuou sem importunar demasiado o guarda-redes Igor Araújo, exceptuando um ou outro remate que passou perto da baliza forasteira, normalmente protagonizados por Guga. O Covilhã sentia-se confortável no jogo, não somente pela coesão defensiva, mas também pelas intenções atacantes, estando perto de aumentar a contagem aos 86 minutos, quando Adriano Castanheira atirou ao poste. Já no período de compensação, os serranos ficaram reduzidos a dez unidades, visto que o árbitro Cláudio Pereira expulsou Gilberto por acumulação de cartões amarelos. Garantida a presença na fase de grupos da Taça da Liga, o Sporting da Covilhã inicia no próximo domingo mais um campeonato da Segunda Liga, recebendo a equipa B do FC Porto no Estádio Santos Pinto.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/allianzcup/2/11

Actualizado em Domingo, 04 Agosto 2019 09:27
 
Fofana
Terça, 30 Julho 2019 00:00

Natural da Costa do Marfim, o extremo Fofana chegou a Portugal para jogar na Académica de Coimbra, onde teve oportunidade de actuar na 1ª Liga, representando depois o Santa Clara antes de assinar pelo Sporting da Covilhã para a época 2010/2011. Fofana envergou a camisola serrana durante duas temporadas, nas quais participou em 64 jogos oficiais, tendo apontado cinco golos, sempre com o nosso clube na luta pela manutenção na 2ª Liga, um objectivo alcançado com maior ou menor sofrimento. A carreira de Fofana prosseguiu posteriormente no Chipre, em que jogou no Doxa FC, Anorthosis Famagusta, Omonia Nicósia, Ermis Aradippou e Othellos Athienou, chegando a actuar na Liga Europa por alguns destes emblemas. Que memórias permanecem de Fofana na equipa covilhanense?


Actualizado em Terça, 30 Julho 2019 08:43
 
SC Covilhã 0 Varzim SC 0 (3-1 g.p.)
Domingo, 28 Julho 2019 00:00

Gilberto avança entre a oposição varzinista

O Sporting Clube da Covilhã assegurou na tarde deste domingo a passagem à 2ª eliminatória da Taça da Liga, visto que venceu (3-1) o Varzim Sport Club no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, isto, depois do nulo que se verificou durante o tempo regulamentar.

O conjunto serrano apresentou-se em campo com Bruno Bolas na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Brendon, Jaime Simões e Daniel Martins, estando o meio campo entregue a Filipe Cardoso, Adriano Castanheira, Gilberto e Leandro Pimenta, ficando a frente de ataque sob a responsabilidade de Silva e Kukula. Este jogo teve um começo movimentado e logo com dois lances de perigo protagonizados pelas duas equipas, pois, aos 3 minutos, o remate de Adriano passou muito perto da baliza poveira, e aos 8 minutos, Stanley cabeceou por cima das redes covilhanenses. Aos 18 minutos surgiu uma contrariedade para os locais, porque o guarda-redes Bruno Bolas sofreu uma lesão que obrigou à sua substituição por Carlos Henriques, que mais para o final da primeira parte queixou-se da perna e actuou condicionado o resto do encontro, portanto, foi uma tarde complicada para os defensores da baliza serrana. De volta ao jogo, um cruzamento de Silva originou uma intervenção de Luís Pedro para as suas próprias redes, que só não teve consequências no marcador devido à boa defesa de Ismael. Do outro lado, Carlos Henriques também teve oportunidade de brilhar aos 39 minutos, ao impedir o sucesso do remate rasteiro de Rui Coentrão.

Covilhanenses festejam a passagem à 2ª eliminatória da Taça da Liga

O segundo tempo revelou-se menos entusiasmante, até porque a bola passou a maior parte dos minutos no meio campo, onde o notável empenho dos jogadores prendeu a atenção dos espectadores. No entanto, foi preciso aguardar pelo minuto 65 para assistirmos a uma acção perigosa, com Minhoca a atirar por cima, em plena área local, após um lançamento lateral na direita. Volvidos alguns instantes, a missão covilhanense ficou mais difícil, visto que o árbitro Miguel Nogueira mostrou o segundo cartão amarelo a Jaime, com a consequente expulsão que deixou o conjunto orientado por Ricardo Soares em inferioridade numérica a partir dos 68 minutos. Perante este cenário, o Varzim assumiu o controlo da partida e reforçou o ataque para tentar chegar à vitória, mas os anfitriões revelaram coesão defensiva e perspicácia nas saídas para o ataque, evitando uma maior pressão do onze nortenho. O único lance verdadeiramente problemático para os serranos aconteceu aos 86 minutos, em que Ricardo Barros assinou um belo trabalho que levou a bola para perto de Stanley, que não fez golo devido à esforçada defesa covilhanense, seguindo assim a eliminatória para os penáltis. Nesta forma de desempate, os poveiros apenas estiveram certeiros numa ocasião por Alan Henrique, pois, Luís Pedro atirou por alto, Stanley acertou na barra e Baba Sow possibilitou a defesa do condicionado Carlos Henriques, levando ao desespero os adeptos varzinistas presentes no Estádio Santos Pinto. Pelos serranos, Daniel Martins, Adriano e Bonani foram eficazes, enquanto Gilberto rematou para defesa de Ismael, com a contagem fechada em 3-1 para alegria das hostes anfitriãs. Na 2ª eliminatória, o Sporting da Covilhã vai jogar ao terreno do primodivisionário FC Famalicão já no próximo fim de semana.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/allianzcup/1/6

Actualizado em Segunda, 29 Julho 2019 09:10
 
Nana K
Terça, 23 Julho 2019 00:00

O camaronês Nana K entrou no futebol português através do SC Mirandela, onde foi figura primordial na 3ª Divisão Nacional, permitindo-lhe assim o ingresso no SC Freamunde, na altura a disputar a 2ª Liga. Depois de uma passagem pelo Salgueiros, Nana K foi apresentado como reforço do Sporting da Covilhã na temporada 2014/2015, tendo permanecido no nosso clube durante duas épocas, nas quais jogou como defesa central ou médio defensivo, com destaque para o campeonato em que os serranos lutaram pela subida à 1ª Liga até à última jornada da competição. Nana K participou em 35 jogos oficiais pela principal formação dos covilhanenses, visto que também representou a equipa B no Distrital da AF Castelo Branco. Nana K rumou depois ao Luxemburgo para envergar o símbolo do Jeunesse Canach, mas certamente que deixou referências das suas actuações pelo conjunto serrano… 


Actualizado em Terça, 23 Julho 2019 08:39
 
SC Covilhã perdeu Taça IMB nos penáltis
Sábado, 20 Julho 2019 00:00

Kukula progride entre a defensiva pacense

No jogo de apresentação aos seus associados e disputa da Taça IMB, o Sporting Clube da Covilhã recebeu o novo primodivisionário Futebol Clube Paços de Ferreira, numa partida interessante de acompanhar e que acabou com uma igualdade a uma bola, com o conjunto serrano a perder por 4-5 no desempate por pontapés da marca de penálti.

O onze covilhanense apresentou-se em campo com Igor Araújo na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Brendon, Jaime Simões e Daniel Martins, estando o meio campo entregue a Filipe Cardoso, Adriano Castanheira, Gilberto e Mica Silva, ficando a frente de ataque sob a responsabilidade de Silva e Kukula. Depois do piloto covilhanense João Fonseca apresentar o sua máquina aos adeptos locais e da entrega de emblemas de prata e ouro aos associados mais antigos, o jogo entre serranos e pacenses revelou um ritmo competitivo digno de registo, no entanto, os lances mais perigosos ficaram guardados para o derradeiro quarto de hora da primeira parte, com destaque para o minuto 32, quando o remate cruzado de Douglas Tanque acertou no poste. E foi neste período de ascendente visitante que surgiu o golo inaugural aos 40 minutos, com o jovem Matchoi Djaló a isolar-se num rápido contra ataque para atirar fora do alcance do guardião Carlos Henriques. Ao intervalo: 0-1.

Leandro Pimenta controla a bola nas quatro linhas

No segundo tempo, as diversas substituições operadas pelos treinadores Ricardo Soares e Filó tiveram um efeito mais positivo nos covilhanenses, que apresentaram uma dinâmica que causou maiores problemas aos adversários, com o tento da igualdade a ser uma realidade aos 75 minutos, em que um passe de Gilberto deixou Bonani em posição de rematar com êxito para a baliza de Ricardo Ribeiro. Nos instantes finais ainda pairou no ar a possibilidade da partida ficar decidida no tempo regulamentar, visto que aos 89 minutos, na sequência de um canto, um desvio de Diogo Almeida levou a bola à barra das redes serranas, como tal, as equipas permaneceram empatadas perante o apito final do árbitro Pedro Ribeiro. No desempate por pontapés da marca de penálti, o Sporting da Covilhã foi eficaz por Gilberto, Adriano, Bonani e Leandro Pimenta, com Zarabi e Joel a permitirem a defesa de Ricardo Ribeiro e Daffé a atirar ao poste, enquanto o Paços de Ferreira foi certeiro por Pedrinho, Baixinho, Bernardo, Diaby e Diogo Almeida, com Oleg a possibilitar a intervenção de Bruno Bolas e Luiz Carlos a rematar ao poste, o que originou um desfecho de 4-5 para os nortenhos e a respectiva conquista da Taça IMB. No próximo domingo, os serranos têm o arranque oficial da época ao receberem o Varzim para a disputa da 1ª elimnatória da Taça da Liga.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Actualizado em Segunda, 22 Julho 2019 11:11
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 176
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1774259