História do Sporting Clube da Covilhã
Caldas SC 1 SC Covilhã 1 (4-5 g.p.)
Sábado, 10 Outubro 2020 00:00

Passados treze anos, o Sporting Clube da Covilhã voltou a visitar o Caldas Sport Clube, desta vez para disputar a 2ª eliminatória da Taça de Portugal, num jogo que terminou empatado a uma bola após prolongamento, mas que sorriu às cores serranas no desempate por pontapés da marca de grande penalidade por 4-5.

O onze local, que milita na Série F do Campeonato de Portugal, entrou na partida de forma bastante perigosa, pois, atirou uma bola à trave visitante logo nos segundos iniciais, no entanto, foi preciso aguardar pelo minuto 34 para surgir o golo inaugural, com Ricardo Isabelinha a colocar com êxito a bola por cima do guardião Bruno Bolas, adiantando assim o Caldas no marcador, num resultado que permaneceu até ao tempo de descanso.

A reacção covilhanense foi mais convincente no regresso do intervalo, com o empate a ser uma realidade aos 50 minutos, em que Jean Felipe cobrou um livre para a cabeça de Jaime Simões, que o guarda-redes Luís Paulo defendeu, mas a redonda sobrou para a recarga triunfal do defesa central serrano. A segunda parte estava movimentada e não faltaram oportunidades para desfazer a igualdade, com destaque para as seguintes ameaças: aos 64 minutos, Gleison atirou ao lado diante de Luís Paulo; aos 79 minutos, Bruno Bolas efectuou uma excelente defesa para impedir os festejos de André Perre; e aos 84 minutos, a passe de Gleison, Enoh falhou incrivelmente a baliza anfitriã.

O apito final do árbitro Gustavo Correia levou as equipas para prolongamento, no qual a grande ocasião para resolver a eliminatória pertenceu ao Caldas aos 112 minutos, quando o cabeceamento de João Rodrigues passou muito perto das redes forasteiras. Com o 1-1 a manter-se no "placard" do Campo da Mata, tornou-se necessário o desempate nas grandes penalidades, em que os comandados de Capucho converteram todas em golo por Jaime, Gleison, Daffé, André Almeida e João Cardoso, enquanto os locais tiveram sucesso por Leandro Borges, João Rodrigues, André Santos e Thomas Militão, mas viram Bruno Bolas defender o remate de Marcos, originando um desfecho de 4-5. No próximo fim de semana regressa a 2ª Liga, com o Sporting da Covilhã a receber o Vilafranquense no Estádio Santos Pinto.

Texto: Eugénio Lopes.

Actualizado em Sábado, 10 Outubro 2020 17:21
 
Vouho
Terça, 06 Outubro 2020 00:00

O costa-marfinense Vouho chegou ao futebol português através da Académica de Coimbra, onde foi intercalando épocas na 1ª Liga com empréstimos a clubes do escalão secundário, nomeadamente, a Santa Clara, Portimonense e Sporting da Covilhã, sendo um dos reforços do nosso emblema para a temporada 2010/2011. Com a camisola serrana, o avançado Vouho participou em 27 jogos oficiais, nos quais apontou somente um golo, que ajudou a equipa covilhanense a derrotar o Belenenses no Estádio do Restelo por 1-3, isto, numa época em que a manutenção na 2ª Liga foi alcançada com grande sofrimento no derradeiro lance da prova. A carreira de Vouho prosseguiu por outros campeonatos, em concreto, Chipre (onde se sagrou Campeão Nacional pelo AEL Limassol), Geórgia e Grécia, com um regresso a Portugal pelo meio para representar novamente o Santa Clara e o Atlético CP. Que recordações permanecem de Vouho no conjunto serrano?

Actualizado em Terça, 06 Outubro 2020 08:48
 
CD Feirense 0 SC Covilhã 0
Sábado, 03 Outubro 2020 00:00

O Sporting Clube da Covilhã foi a primeira equipa a "roubar" pontos ao Clube Desportivo Feirense nesta edição da LigaPro, pois, a partida a contar para a 5ª jornada terminou com um nulo no marcador do Estádio Marcolino de Castro, o que para a formação serrana significa o segundo jogo consecutivo sem conhecer o amargo sabor da derrota.

O conjunto local assumiu o favoritismo no encontro e actuou mais tempo em terrenos atacantes, porém, sem encontrar forma de bater o guardião Léo Navacchio, que realizou algumas boas intervenções para impedir a bola de entrar na baliza covilhanense. No plano defensivo, os comandados de Capucho foram cumprindo a sua missão, mas no aspecto ofensivo revelaram bastantes limitações e raramente incomodaram o sector mais recuado dos fogaceiros durante a primeira parte.

Após o intervalo, o brasileiro Léo Navacchio continuou intransponível nas redes visitantes e o Sporting da Covilhã foi aguentando o resultado, embora nesta fase com mais saídas para o contra ataque e assinando alguns remates à baliza defendida por Bruno Brígido. Para além do guarda-redes serrano, o Feirense também se pode queixar da pontaria rematadora, como aconteceu aos 58 minutos por Zé Ricardo e aos 90 minutos por Mica, que atiraram ao lado da baliza forasteira. O último apito do árbitro Marcos Brazão selou o 0-0 como desfecho deste jogo, com o onze covilhanense a somar o quarto ponto em duas rondas sob a orientação técnica de Capucho, seguindo-se o compromisso para a Taça de Portugal no próximo fim de semana, em que a eliminatória será disputada no terreno do Caldas SC.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligapro/5/3

Actualizado em Sábado, 03 Outubro 2020 14:25
 
Leandro Vieira
Terça, 29 Setembro 2020 00:00

Leandro Vieira iniciou a carreira no Lusitânia do Machico, mas a sua chegada ao Sporting da Covilhã, na época 1946/1947, foi através do SC Funchal, onde as suas exibições a interior esquerdo despertaram o interesse do nosso clube. Na primeira temporada com a camisola serrana, Leandro Vieira foi um jogador importante na caminhada covilhanense na 2ª Divisão Nacional (seis golos em 15 jogos), com a nossa equipa a alcançar os Quartos de Final do acesso à 1ª Divisão Nacional, tendo sido eliminada pelo Lusitano FC de Vila Real de Santo António, precisamente um dos conjuntos que viria a festejar a desejada subida de escalão. Na temporada seguinte, os serranos venceram mesmo a divisão secundária e ascenderam ao mais alto patamar do futebol português, mas agora sem tanta influência de Leandro Vieira, que participou em poucos encontros nessa época de sucesso para as nossas cores. Que recordações permanecem de Leandro Vieira com a camisola covilhanense?

Actualizado em Terça, 29 Setembro 2020 08:36
 
SC Covilhã 2 Varzim SC 1
Sábado, 26 Setembro 2020 00:00

Aglomeração de jogadores no extremo reduto forasteiro

A estreia de Nuno Capucho no comando técnico do Sporting Clube da Covilhã significou também a estreia do nosso clube a pontuar na LigaPro, visto que depois de estar a perder com o Varzim Sport Club na primeira parte, conseguiu virar o resultado a seu favor na etapa complementar e somar os três pontos em disputa nesta 4ª jornada da competição.

Nesta partida, o cenário começou por estar desfavorável para as hostes serranas, pois, aos 19 minutos, Edwin Banguera não interceptou a bola e o ganês George Ofosu aproveitou para arrancar um remate cruzado que colocou os poveiros na dianteira do marcador. A principal ameaça local às redes visitantes surgiu aos 43 minutos, quando Gleison atirou para uma boa defesa do guardião Ricardo Nunes, que desta forma segurou a vantagem da equipa liderada por Paulo Alves para o tempo de descanso. Registe-se ainda um lance polémico em cima dos 45 minutos, em que Gleison caiu na área adversária numa acção com Rui Silva, mas o árbitro João Casegas não viu motivo para grande penalidade.

Na segunda parte, os pupilos de Capucho estiveram mais pressionantes e alcançaram o golo do empate aos 68 minutos, com o colômbiano Edwin Banguera a cobrar um canto para o cabeceamento eficaz de Filipe Cardoso. O passo seguinte foi procurar o tento da vitória, que acabou por ser concretizado aos 86 minutos, numa jogada em que a iniciativa de Léo Cá foi desviada por André Micael para a sua própria baliza, fixando assim o desfecho deste jogo em 2-1. O Sporting da Covilhã volta a actuar no próximo sábado, em que terá pela frente a deslocação ao terreno do Feirense.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligapro/4/8

Actualizado em Sábado, 26 Setembro 2020 16:01
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 195
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2157811