FC Porto B 3 SC Covilhã 0
Sábado, 22 Dezembro 2018 00:00

Tal como na época passada, o Sporting Clube da Covilhã foi derrotado por 3-0 no terreno da equipa B do Futebol Clube do Porto, somando desta forma o sexto jogo consecutivo sem vencer na Ledman LigaPro, o que origina a permanência no indesejado último lugar da classificação.

Esta partida teve um início equilibrado, com ambas as equipas a aproximarem-se das balizas adversárias, verificando-se o golo inaugural aos 9 minutos, quando Chidozie apontou um livre directo para defesa do guardião Vítor São Bento, mas com a bola a sobrar para a recarga triunfal de Romário Baró. Os comandados de Filó sentiram o tento sofrido e permitiram que fosse o conjunto azul e branco a ameaçar dilatar a diferença em duas situações: primeiro, num cabeceamento de Marius um pouco ao lado das redes serranas; depois, numa boa iniciativa de João Pedro que só foi travada por uma excelente intervenção de São Bento. Nos instantes finais da primeira parte, o Covilhã subiu de rendimento e delineou um lance perigoso aos 45 minutos, em que Bonani apareceu em boa posição para fazer golo, no entanto, permitiu a acção de um opositor antes de rematar à baliza portista. Curiosamente, na jogada seguinte foi o FC Porto B que rubricou o segundo tento da manhã na conversão de um pontapé de penálti por Marius, resultante de uma falta de Jaime sobre Gleison, que foi devidamente sancionada pelo árbitro João Matos. Ao intervalo: 2-0.

No segundo tempo, a formação covilhanense teve de apostar tudo no ataque em busca de discutir os pontos do jogo e Deivison não demorou a dar sinal de perigo num cabeceamento ao lado, mas a melhor oportunidade para os serranos reduzirem a desvantagem aconteceu aos 59 minutos, quando Adriano Castanheira rematou rasteiro para uma grande intervenção do guarda-redes Diogo Costa. Os visitantes continuaram a acreditar que a partida não estava perdida, mas o certo é que não conseguiram o golo que permitiria maior motivação para esse objectivo, como por exemplo aos 73 minutos, em que Mica atirou em plena área local contra um adversário. Mais concretizadores revelaram-se os pupilos de Rui Barros, que aos 77 minutos fixaram o resultado em 3-0 por intermédio de Rúben Macedo, ao cabecear com êxito um cruzamento de Yahaya na direita. Ao onze forasteiro não restou mais do que acabar o encontro com dignidade, procurando minimizar os números evidenciados pelo marcador, embora sem sucesso. Este desaire deixa a missão serrana no campeonato mais complicada, com apenas 10 pontos ao fim de 14 jornadas, sendo uma média muito pobre para quem quer alcançar a manutenção na Segunda Liga, desejando-se que possa começar a ser invertida na recepção ao SC Braga B no início de Janeiro.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/ledmanligapro/13/6

Actualizado em Sábado, 22 Dezembro 2018 16:38
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1742700