Académico de Viseu FC 1 SC Covilhã 1
Domingo, 20 Janeiro 2019 00:00

Mais uma deslocação do Sporting Clube da Covilhã na Ledman LigaPro, desta vez terminada com um empate a uma bola no terreno do Académico de Viseu Futebol Clube, num jogo em que os serranos inauguraram o marcador por Mica aos 6 minutos, mas permitiram a igualdade ainda na primeira parte.

O conjunto covilhanense apresentou-se no Estádio do Fontelo com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Zarabi, Rafael Vieira e Henrique Gomes com o meio campo ocupado por Gilberto, Makouta e Mica Silva, ficando o ataque entregue a Adriano Castanheira, Diego Medeiros e Kukula. Os comandados de Filó entraram muito bem na partida e estiveram perto do tento inaugural logo aos 3 minutos, em que foi Fábio Santos que substituiu o guardião Jonas Mendes e evitou o sucesso do remate de Diego Medeiros. No entanto, aos 6 minutos, o golo forasteiro foi mesmo uma certeza, com Adriano a progredir pela direita para colocar a bola em posição para Mica atirar certeiro, provocando assim os festejos dos adeptos serranos. A reacção academista não demorou e a igualdade também não, visto que aos 12 minutos, a passe de Paná, o brasileiro Lucas Silva rematou cruzado para as redes visitantes. Os locais motivaram-se com o empate e com a entrada de Luisinho no jogo, tendo três lances bastante perigosos para a baliza de São Bento, que esteve em grande plano: aos 19 minutos, o guarda-redes covilhanense defendeu com o pé esquerdo o remate de Luís Barry; aos 27 minutos, foi o pé direito de São Bento que impediu o êxito da iniciativa de Luisinho; e aos 34 minutos, um voo espectacular evitou a alegria de Latyr em plena área forasteira. Como resposta, o Covilhã também tentou voltar a liderar o "placard", mas Jonas Mendes revelou-se atento a um canto apontado por Gilberto e a uma acção assinada por Adriano. Ao intervalo: 1-1.

O segundo tempo não teve tanta emoção, mas trouxe um onze serrano com sinal mais nos instantes iniciais, conseguindo alguns remates às redes locais, porém, sem a direcção desejada pelos seus apoiantes. Com o avançar do relógio, o Académico sacudiu o dominio adversário e passou a jogar mais tempo no meio campo contrário, embora sem grandes soluções para ultrapssar a defensiva covilhanense. Contudo, os viseenses acabaram por elaborar duas jogadas mais perigosas para a baliza adversária, em concreto, aos 73 minutos, com João Mário a rematar para um esforçado Henrique evitar o golo sobre a linha, e aos 83 minutos, em que o cabeceamento de Barry ficou a escassa medida do sucesso. O derradeiro apito do árbitro Pedro Vilaça fixou o resultado em 1-1, com o Sporting da Covilhã a somar quatro pontos nas últimas duas saídas, o que é bastante positivo, embora esteja em zona de despromoção, mas desejando-se que a recuperação definitiva na classificação possa acontecer em breve.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Eugénio Lopes.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/comparador/20182019/ledmanligapro/60/288

Actualizado em Segunda, 21 Janeiro 2019 10:24
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1742682