SC Covilhã 0 Naval 1º Maio 2
Domingo, 12 Fevereiro 2012 00:00

 

Jorge Chula progride com a bola

Mais uma jornada sem o Sporting Clube da Covilhã vencer na Liga Orangina, perdendo desta vez com a Associação Naval 1º de Maio por 0-2, num resultado feito na primeira parte, que ditou o terceiro desaire consecutivo no Complexo Desportivo.

Os serranos apresentaram-se em campo num esquema de 1x4x3x3, com Igor Araújo na baliza, acompanhado na defesa por Dani Coelho, Aníbal Capela, Ricardo Rocha e Joel, com o meio campo ocupado por Idris, Gabi e André Sousa, enquanto o ataque ficou sob a responsabilidade do estreante Jorge Chula, Fofana e Dominic. Nesta partida, a Naval demonstrou cedo que atravessa um bom momento de forma (somou o sétimo jogo seguido sem derrotas), visto que inaugurou o marcador logo aos 4 minutos, quando na sequência de um canto apontado na esquerda gerou-se alguma confusão, sobrando a bola para o remate cruzado de Hugo Santos para o fundo das redes locais. O Covilhã reagiu à desvantagem e até conseguiu uma sucessão de cantos, mas a defensiva figueirense esteve sempre atenta e não permitiu grande protagonismo aos adversários. Já os visitantes revelavam-se mais perigosos nos pontapés de canto, aproveitando bem o vento favorável, pois, aos 20 minutos, só uma intervenção esforçada de Igor Araújo sobre a linha de baliza impediu o canto directo de João Pedro. Porém, foi apenas o adiar de uma realidade, visto que aos 38 minutos, após um canto cobrado na direita, Edivaldo cabeceou certeiro e colocou o resultado em duas bolas de diferença. Ao intervalo: 0-2.

Fofana pressiona Leandrinho

No segundo tempo, o treinador Tulipa fez entrar de imediato Pimenta (o outro dos recentes reforços) para a esquerda, derivando Fofana para mais perto de Dominic, e o certo é que o Covilhã mostrou algum ascendente, mas o melhor que alcançou foi um remate de Fofana para boa defesa de Taborda aos 50 minutos. A Naval tinha o encontro controlado, visto que os locais nunca encontraram soluções para ultrapassar a boa organização visitante, embora o técnico Tulipa ainda tenha mexido na equipa para procurar outros argumentos, colocando em campo Zezinho (foi para defesa direito, subindo Dani Coelho no terreno) e Dani Matos (trocou diretamente com Dani Coelho). Contudo, e apesar do empenho dos jogadores serranos, o marcador não sofreu mais alterações, permanecendo o 0-2 que já vinha da etapa inaugural. O Covilhã somou assim o quinto jogo consecutivo sem triunfar, continuando somente a dois pontos da zona de descida, desejando-se que possa melhorar o seu rendimento na deslocação ao terreno do Arouca na próxima jornada.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://www.lpfp.pt/liga_orangina/pages/jogo.aspx?epoca=20112012&jornada=18&jogo=7067

Actualizado em Segunda, 13 Fevereiro 2012 10:14
 
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1648743