FC Porto B 3 SC Covilhã 0
Domingo, 18 Março 2018 00:00

O Sporting Clube da Covilhã continua a somar jornadas sem conseguir uma vitória na Ledman LigaPro, em concreto oito rondas, visto que desta vez foi derrotado pela equipa B do FC Porto por esclarecedores 3-0, com as contas da manutenção a não ficarem mais complicadas devido aos resultados favoráveis verificados noutros campos.

A formação nortenha entrou melhor na partida e ameaçou inaugurar o marcador aos 8 minutos num lance infeliz do guardião Igor Rodrigues, porém, Paulo Henrique esteve bem a substituir o seu colega e impediu que a bola fosse para as redes visitantes. No entanto, aos 18 minutos, os azuis e brancos festejaram mesmo o primeiro golo da tarde, com Romário Baró a assinar um belo remate de fora da área. Esperou-se uma resposta do lado serrano, mas apenas um livre apontado por Índio levou a bola a passar mais perto da baliza local, enquanto o FC Porto B quase aumentou a contagem aos 28 minutos, algo que não aconteceu por intervenção de um jogador portista, pois, foi Irala que sem intenção evitou o final feliz de uma grande jogada da sua equipa. No derradeiro quarto de hora da primeira parte, os serranos estiveram mais vezes no meio campo adversário e rubricaram duas acções problemáticas para os defensores anfitriões: aos 32 minutos, Diogo Costa foi obrigado a uma defesa atenta após um livre cobrado por Paulo Henrique; e aos 45 minutos, Renato Reis ultrapassou mesmo o guarda-redes nortenho, mas nem teve tempo de atirar para a baliza, visto que o árbitro Vasco Santos interrompeu o encontro por suposto fora de jogo. O Covilhã até estava a melhorar de rendimento, porém, consentiu o segundo tento aos 45+3 minutos, quando Oleg cabeceou com êxito na sequência de um livre lateral. Ao intervalo: 2-0.

A missão covilhanense revelava-se muito complicada para o segundo tempo, que desde do seu início não apresentou sinais positivos para as hostes forasteiras, até pelo contrário, porque aos 51 minutos quase sofria um autogolo numa acção de Gerson. Todavia, não foi necessário aguardar demasiado para que o 3-0 fosse uma certeza, visto que aos 58 minutos, Musa Yahaya esteve em bom plano e bateu a defensiva do emblema serrano. Este golo deixou o jogo muito próximo de estar resolvido e apenas dois remates do recém-entrado Moses trouxeram um pouco de emoção à partida, mas como ambos foram ao lado das redes locais, o resultado não chegou a estar em causa. O conjunto covilhanense jogou os instantes finais em inferioridade numérica devido a lesão de Gerson, num jogo que terminou com um desaire que continua a provocar algumas dúvidas sobre o futuro serrano no campeonato, desejando-se que o regresso aos triunfos aconteça já na próxima jornada com a recepção ao SC Braga B, numa partida que terá lugar no domingo.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20172018/ledmanligapro/30/2

Actualizado em Domingo, 18 Março 2018 18:30
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1550710