SC Covilhã conquistou Taça IMB
Sábado, 14 Julho 2018 00:00

SC Covilhã celebra triunfo na Taça IMB

Para apresentação aos seus associados e disputa da Taça IMB, o Sporting Clube da Covilhã recebeu o novo primodivisionário Clube Desportivo Santa Clara, numa partida muito interessante de acompanhar e que acabou com uma igualdade a duas bolas, com a formação serrana a vencer por 3-1 no desempate por pontapés da marca de penálti.

O onze covilhanense apresentou-se em campo com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Jean Batista, Zarabi, Jaime Simões e Henrique Gomes, estando Gilberto e Caio Quiroga à sua frente e ficando Adriano Castanheira, Makouta e Paulico mais perto do avançado Onyeka. Tendo em conta que estamos na pré-época, o jogo foi disputado a um ritmo elevado, pertencendo aos locais o primeiro lance de perigo aos 11 minutos, quando Zarabi cabeceou para uma boa intervenção do gaurda-redes Marco Pereira. A resposta açoriana resultou no golo inaugural à passagem do quarto de hora, em que Zé Manuel assinou um belo remate fora do alcance do guardião anfitrião. O encontro estava movimentado e aos 24 minutos Adriano apontou um livre directo para defesa segura de Marco, enquanto do outro lado do campo foi Bruno Lamas que fez a bola passar um pouco ao lado da baliza covilhanense. Já perto do tempo de descanso, Adriano trabalhou bem a redonda descaído para a direita, concluindo com um remate espectacular que colocou as equipas empatadas no marcador. Ao intervalo: 1-1.

Makouta cercado por jogadores do Santa Clara

Na segunda parte, o francês Makouta não demorou a testar o novo guardião opositor, João Lopes, que defendeu bem o remate do jogador local, no entanto, aos 66 minutos, o Covilhã tomou mesmo a dianteira do "placard", com o dinâmico Makouta a cruzar da esquerda para o recém-entrado Deivison encostar a bola nas redes visitantes. Apesar das inúmeras substituições, o jogo continuou agradável de seguir e Ruben Saldanha ameaçou nova igualdade aos 69 minutos, atirando ao lado das redes serranas. Contudo, aos 77 minutos, o 2-2 foi uma realidade, com Pacheco a rubricar um tento de belo efeito a passe de Clemente. Aos 82 minutos, Ruben Saldanha reclamou demasiado com a arbitragem e o juiz Pedro Ribeiro recomendou a sua retirada do relvado, porém, os protestos forasteiros regressaram no último lance do jogo, quando foi assinalado um pontapé de penálti a favor do conjunto serrano após um canto cobrado por Ruben Nogueira, mas o resultado não sofreu alteração porque Makouta atirou para defesa de João Lopes.

No desempate por pontapés da marca de penálti para atribuição da Taça IMB, o Covilhã esteve mais certeiro ao converter três, por Deivison, João Cunha e Makouta (apenas Gilberto atirou ao lado), enquanto o Santa Clara só teve sucesso por Mamadu Candé, visto que Pacheco rematou por cima e Clemente e Batatinha permitiram grandes intervenções do guardião Bruno Bolas, ficando assim a taça nas vitrines serranas. No próximo sábado, o Sporting da Covilhã entra em campo para a Taça da Liga, jogando a primeira eliminatória no terreno do CD Mafra.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Actualizado em Segunda, 16 Julho 2018 09:14
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1516723