SC Covilhã 0 Académico de Viseu FC 0
Domingo, 12 Agosto 2018 00:00

Kisley tenta progredir entre dois academistas

O Sporting Clube da Covilhã estreou-se com um empate sem golos na Segunda Liga 2018/2019, num resultado obtido diante do Académico de Viseu Futebol Clube no renovado Estádio José Santos Pinto, embora tenha sido um jogo interessante de acompanhar e com boas oportunidades para funcionar o marcador.

O emblema serrano apresentou-se em campo com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Gilberto, Zarabi, Jaime Simões e Henrique Gomes, com o meio campo ocupado por Miranda, Caio Quiroga e Makouta, ficando o ataque entregue a Adriano Castanheira, Kisley e Deivison. A partida foi disputada a um ritmo movimentado desde os primeiros instantes, com sinal de perigo logo aos 3 minutos num lance confuso de João Mário, salvo pelo guardião São Bento na linha de baliza, respondendo os locais na jogada seguinte, em que Deivison cabeceou um pouco ao lado das redes academistas. Aos 10 minutos surgiu mais uma grande ameaça ao nulo, quando Adriano cobrou um livre na direita para Kisley cabecear ao poste da baliza viseense, isto, num período em que a equipa covilhanense se apresentava mais dinâmica, criando nova acção de perigo aos 12 minutos, com Adriano a ser derrubado na área forasteira, porém, o árbitro Vítor Ferreira não teve o mesmo entendimento e ainda admoestou o extremo serrano com o cartão amarelo. Os comandados do treinador Dito estavam em bom plano, mas sem conseguirem colocar a bola nas redes visitantes, como aconteceu aos 28 minutos, em que Makouta progrediu bem pela esquerda e cruzou para Kisley atirar ao lado em posição privilegiada para inaugurar o "placard". O Académico sentiu visíveis dificuldades em importunar seriamente a defensiva covilhanense e apenas uma iniciativa de Gabriel obrigou São Bento a intervir para afastar a redonda. Os derradeiros momentos do primeiro tempo não foram muito intensos e o nulo não voltou a sentir-se ameaçado até ao intervalo.

A segunda parte arrancou com um lance perigoso do Académico, pois, o cabeceamento de João Mário só não deu golo porque Jaime estava bem posicionado para defender a baliza local. O jogo atravessou uma fase com algum ascendente do emblema de Viseu, mas a formação serrana soube impedir outras iniciativas mais delicadas para o seu sector defensivo, apesar da contrariedade da lesão de Zarabi aos 60 minutos, que foi substituído por João Cunha no centro da defesa. E foi mesmo o conjunto covilhanense que esteve perto de festejar aos 63 minutos, quando num rápido contra ataque Deivison isolou Adriano diante do guardião Jonas, que efectuou uma excelente intervenção perante o remate do n.º 7 anfitrião. O jogo caminhou depois para uma fase mais calma, em que somente uma acção de Kwame N'Sor causou apreensão nas hostes serranas, contudo o resultado de 0-0 não seria alterado até final e a soma de um ponto tornou-se definitiva para as duas equipas. O campeonato prossegue no próximo fim de semana, com o Sporting da Covilhã a deslocar-se no domingo ao terreno do Cova da Piedade.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/ledmanligapro/1/2

Actualizado em Segunda, 13 Agosto 2018 08:49
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1504865