AD Os Limianos 0 SC Covilhã 2
Domingo, 21 Outubro 2018 00:00

Para estreia do treinador Filó ao serviço do Sporting Clube da Covilhã estava reservado um jogo inédito na história do futebol português, com a deslocação ao terreno da Associação Desportiva Os Limianos, onde o emblema covilhanense assegurou a passagem à próxima eliminatória da Taça de Portugal ao vencer por 0-2, numa partida marcada pela homenagem póstuma a Toninho, antigo jogador dos dois clubes.

O onze serrano apresentou-se no Campo do Cruzeiro com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Gilberto, Jaime Simões, Rafael Vieira e Henrique Gomes, com o meio campo ocupado por Rodrigues, Caio Quiroga e Makouta, ficando o ataque entregue a Adriano Castanheira, Rick Sena e Deivison. A equipa visitante teve um arranque forte no encontro e inaugurou o marcador logo aos 7 minutos, quando Deivison isolou Adriano diante do guardião Bruno Santos, com o extremo covilhanense a assinar um bom trabalho e atirar para golo. O conjunto de Ponte de Lima tentou contrariar a supremacia adversária, mas sem qualquer sucesso, sofrendo mesmo o segundo tento aos 19 minutos por intermédio do francês Makouta, que rematou em arco após um passe de Adriano. E o resultado só não ficou mais volumoso aos 34 minutos porque Bruno Santos esteve em grande plano, ao defender com o pé um remate rasteiro de Rick Sena. Até ao tempo de descanso, o jogo esteve sempre controlado pelo Covilhã, apesar do esforço dos locais para não ficarem mais afastados no "placard". Ao intervalo: 0-2. Seguiu-se o momento de homenagem ao falecido Toninho, com os presidentes dos dois emblemas a oferecerem recordações à família do antigo jogador.

Na segunda parte, o Limianos conseguiu actuar mais tempo no meio campo contrário e aproximou-se com maior frequência da baliza forasteira, no entanto, sem construir um lance de verdadeiro perigo, visto que a defensiva serrana não facilitou e revelou-se coesa. Os comandados de Filó não estiveram apenas preocupados em defender e procuraram aumentar a contagem em jogadas de contra ataque, como aconteceu aos 59 minutos, em que o remate cruzado de Rick Sena passou perto das redes minhotas. Foi necessário aguardar pelo minuto 72 para o guarda-redes São Bento ser chamado a trabalhos mais sérios, quando afastou com dificuldade a iniciativa rematadora de Cláudio Dantas, num lance que animou os adeptos do clube da Série A do Campeonato de Portugal. Com o relógio a caminhar para os 90 minutos, os serranos tiveram duas ocasiões para novos festejos, porém, quer Adriano, quer Onyeka, atiraram por cima da baliza local quando estavam em boa posição para terem êxito. O derradeiro apito do árbitro Gustavo Correia selou a passagem do Sporting da Covilhã à 4ª eliminatória da Taça de Portugal, mas no próximo sábado regressa o campeonato, tendo pela frente uma deslocação ao terreno da equipa B do SL Benfica.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Eugénio Lopes.

Actualizado em Segunda, 22 Outubro 2018 09:11
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1530845