SC Covilhã 1 UD Oliveirense 0
Domingo, 04 Novembro 2018 00:00

Rodrigues pressiona Fati

Depois de cinco jogos consecutivos sem vencer na Ledman LigaPro, o Sporting Clube da Covilhã aproveitou a recepção à União Desportiva Oliveirense para voltar a sentir o sabor dos três pontos, que foram bem difíceis de alcançar numa tarde de chuva e de nevoeiro, visto que o único golo da partida apenas surgiu aos 88 minutos por intermédio do brasileiro Caio Quiroga.

O emblema serrano apresentou-se no Estádio José Santos Pinto com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Gilberto, Jaime Simões, Rafael Vieira e Henrique Gomes, com o meio campo ocupado por Rodrigues, Makouta e Diogo Neto, ficando o ataque entregue a Adriano Castanheira, Jean Batista e Deivison. A qualidade do jogo foi afectada pela meteorologia, originando um encontro com muita luta pela posse de bola e pouca emoção junto de ambas as balizas. Numa fase inicial, a formação de Oliveira de Azeméis revelou-se mais adaptada ao relvado, mas nunca esteve em superioridade sobre os covilhanenses, sendo uma partida equilibrada e disputada essencialmente a meio campo. O lance mais perigoso da primeira parte verificou-se aos 27 minutos, quando um livre apontado por Fati obrigou o guardião São Bento a uma defesa a dois tempos, evitando uma possível recarga com sucesso pela equipa visitante. Em cima dos 45 minutos, Serginho pontapeou Jean Batista na cabeça e o árbitro Rui Oliveira puxou do cartão vermelho para o jogador forasteiro, deixando assim a Oliveirense em inferioridade numérica para a etapa complementar. Ao intervalo: 0-0.

No regresso dos balneários, os comandados de Filó instalaram-se no meio campo contrário e colocaram frequentemente a bola junto das redes defendidas por Coelho, que assinou uma intervenção atenta aos 62 minutos perante a iniciativa de Deivison. O Covilhã foi pressionando e o guarda-redes forasteiro tornou-se peça fundamental no nulo que o marcador registava, com dois defesas meritórias no meio do nevoeiro serrano. Aos 82 minutos, na sequência de um livre lateral, Jaime cabeceou um pouco por cima em plena área visitante, no entanto, aos 86 minutos foi a Oliveirense que esteve muito perto de festejar numa acção de contra ataque, com Diogo Valente a falhar a baliza local após um cruzamento da direita. Contudo, e depois deste susto, o golo do triunfo foi mesmo para as cores covilhanenses aos 88 minutos, quando após um canto apontado por Adriano a redonda sobrou para o remate certeiro do recém-entrado Caio Quiroga, que desta forma garantiu os três pontos para as hostes locais. Com este triunfo, o Sporting da Covilhã saiu dos lugares de despromoção da Segunda Liga, seguindo-se uma deslocação ao terreno do FC Famalicão no próximo domingo.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/ledmanligapro/8/3

Actualizado em Segunda, 05 Novembro 2018 10:02
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1530807