SC Covilhã 1 SC Braga B 0
Quarta, 02 Janeiro 2019 00:00

Makouta apontou o único golo do jogo

Boa entrada do Sporting Clube da Covilhã em 2019 ao alcançar uma vitória por 1-0 sobre a equipa B do Sporting Clube de Braga, sentindo a alegria que andou afastada nos seis jogos anteriores da Ledman LigaPro, com a motivação adicional de ter deixado a indesejada "lanterna vermelha" da classificação e igualado pontualmente o seu opositor deste encontro.

A fase inicial desta partida revelou um conjunto bracarense com maior posse de bola, numa tentativa de empurrar os locais para terrenos mais recuados, mas sem conseguir lances de grande perigo, apesar de alguns remates e de pontapés de canto conquistados. Do outro lado, o onze covilhanense apresentou uma elevada taxa de sucesso na concretização, visto que inaugurou o marcador logo na primeira jogada problemática para o sector defensivo visitante, pois, aos 23 minutos, Adriano Castanheira progrediu pela esquerda e colocou a bola disponível para o remate certeiro do francês Makouta. Motivado pelo golo obtido, o Covilhã esteve em bom plano até ao período de descanso e ameaçou dilatar a diferença por duas vezes: aos 35 minutos, Bonani atirou por cima diante do guardião minhoto; e aos 39 minutos, Mica rematou para uma boa intervenção de Tiago Pereira, que assim garantiu a margem mínima para a etapa complementar. Ao intervalo: 1-0.

Kisley esteve perto de aumentar a vantagem serrana

Na segunda parte, o SC Braga B não demorou a demonstrar a sua intenção de chegar ao empate, porém, teve pela frente uma equipa serrana muito combativa e que poucas vezes permitiu que o perigo marcasse presença junto da baliza de Vítor São Bento, que ainda foi obrigado a duas defesas atentas. O encontro foi-se prolongando com estas características até ao derradeiro quarto de hora, mas depois disso foi o Covilhã a equipa que esteve mais perto de festejar, como por exemplo aos 82 minutos, em que Kisley não conseguiu bater Tiago Pereira em posição privilegiada para ser feliz. No entanto, a vantagem tangencial provocou um acréscimo de sofrimento nas hostes serranas nos instantes finais da partida, até porque o conjunto bracarense teve a seu favor alguns cantos, com a normal incerteza deste tipo de lance, contudo, a defensiva local continuou organizada e os três pontos foram mesmo contabilizados para as cores covilhanenses após o último apito do árbitro Luís Godinho. No próximo domingo, o Sporting da Covilhã desloca-se ao terreno do Leixões, desejando-se que possa continuar a sorrir neste início de ano.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/ledmanligapro/14/6

Actualizado em Quinta, 03 Janeiro 2019 12:06
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1683789