SC Covilhã 2 FC Famalicão 0
Domingo, 17 Março 2019 00:00

Adriano Castanheira perante a atenção de Walterson

O Sporting Clube da Covilhã está a realizar uma segunda parte de época fantástica, somando já dez jogos consecutivos sem perder e subindo ao 7º lugar da classificação, visto que nesta jornada venceu o Futebol Clube de Famalicão, um dos principais candidatos à subida de divisão, por 2-0, com golos apontados por Mica e Gilberto na etapa complementar.

O conjunto covilhanense apresentou-se no Estádio José Santos Pinto com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Jaime Simões, Rafael Vieira e Henrique Gomes com o meio campo ocupado por Rodrigues, Gilberto e Mica, ficando o ataque entregue a Adriano Castanheira, Diego Medeiros e Kukula. Perante uma excelente moldura humana, os serranos demonstraram mais uma vez o grande momento que atravessam, dando o primeiro sinal de perigo aos 12 minutos, quando Kukula ficou a escassos milímetros de tocar para a baliza adversária a bola cruzada por Tiago Moreira. O Famalicão esforçava-se por controlar a partida, mas sem alcançar esse objectivo, não conseguindo mesmo qualquer lance de verdadeiro perigo, apesar dos vários pontapés de canto que teve a seu favor. Já os pupilos de Filó voltaram a ameaçar inaugurar o marcador aos 29 minutos, com Gilberto a rematar forte para uma boa intervenção do guarda-redes Defendi. Até ao tempo de descanso, o jogo continuou movimentado, porém, sem mais ocasiões flagrantes de golo. Ao intervalo: 0-0.

Kukula e Rocha disputam a redonda

Na segunda parte, os famalicenses tentaram instalar-se no meio campo contrário, contudo, foram os serranos que festejaram o primeiro tento da tarde aos 54 minutos, quando Mica rematou rasteiro a passe de Henrique e provocou grande alegria nas hostes locais. A resposta visitante não demorou a surgir e aos 57 minutos Feliz chegou ligeiramente atrasado a um cruzamento da direita, levando ao desespero as centenas de adeptos que viajaram do Minho. Aos 74 minutos, os anfitriões reclamaram um livre indirecto por Defendi recolher com as mãos um passe de um colega, no entanto, o árbitro Pedro Ramalho não teve a mesma interpretação do lance e não assinalou a infracção. Os serranos estavam bem no encontro e aumentaram a contagem aos 80 minutos por Gilberto, que conduziu e concluiu de forma eficaz um contra ataque da sua equipa, originando grandes festejos nos apoiantes locais. Com o jogo decidido foram os covilhanenses que estiveram mais perigosos, destacando-se um remate de Deivison por cima aos 89 minutos. Com este triunfo, o Sporting da Covilhã caminha por lugares mais tranquilos da classificação, ocupando uma confortável 7ª posição antes da deslocação ao terreno do Farense.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/ledmanligapro/26/7

Actualizado em Segunda, 18 Março 2019 10:11
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1774299