SC Covilhã 1 GD Estoril Praia 2
Domingo, 07 Abril 2019 00:00

Jaime e Tiago Moreira tentam anular Roberto

O Sporting Clube da Covilhã foi derrotado no Estádio José Santos Pinto, algo que não acontecia há quase cinco meses, pertencendo esse feito ao Grupo Desportivo Estoril Praia, que com golos de Rafael Furlan e Roberto conseguiu anular a vantagem alcançada pelo nosso clube aos 20 minutos, através de um tento apontado pelo aniversariante Adriano Castanheira.

O emblema serrano apresentou-se no Estádio José Santos Pinto com Vítor São Bento na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Jaime Simões, Rafael Vieira e Henrique Gomes com o meio campo ocupado por Rodrigues, Gilberto e Mica, ficando o ataque entregue a Adriano Castanheira, Diego Medeiros e Kukula. Este jogo teve um início prometedor, visto que não faltou emoção logo nos primeiros momentos, porque, aos 4 minutos, Gorré não conseguiu inaugurar o marcador na sequência de um canto e, aos 6 mimutos, Adriano rematou ao poste da baliza canarinha. Pouco depois, Yan atirou para uma intervenção eficaz de São Bento, respondendo os serranos com o tento inaugural apontado por Adriano aos 20 minutos, que rematou forte após um cruzamento de Kukula na esquerda. A partida entrou então numa fase mais calma, com o Estoril a procurar responder à desvantagem e com um Covilhã coeso a não se deixar dominar, originando um jogo equilibrado e muito disputado a meio campo numa autêntica tarde de inverno. Até que aos 41 minutos surgiu o golo do empate, resultante do facto do árbitro João Bento ter considerado que Rafael Vieira desviou a bola com o braço e não com a cabeça, assinalando um livre directo para o brasileiro Furlan converter em golo através de um remate rasteiro. Ao intervalo: 1-1.

Na segunda parte, os estorilistas entraram melhor no jogo e deram o primeiro sinal de perigo num pontapé de canto, mas a equipa covilhanense também se apresentou perigosa aos 59 minutos, quando um livre cobrado por Gilberto obrigou o guardião Thierry a uma defesa atenta. No entanto, foi mesmo o Estoril que chegou ao golo aos 62 minutos, com Gorré a protagonizar uma boa jogada para colocar a bola em Roberto, que rematou cruzado e certeiro para alegria dos adeptos visitantes presentes no recinto serrano. Os forasteiros agarraram-se com toda a força a este resultado, que permite continuar a sonhar com o regresso à 1ª Liga, e passaram a actuar mais recuados, perante um conjunto covilhanense que bem se esforçou por alcançar o empate, que esteve perto de acontecer nos instantes finais do encontro: aos 89 minutos, um remate longínquo de Jaime só foi travado por uma boa defesa de Thierry; aos 90 minutos, o recém entrado Zé Pedro tentou aproveitar um adiantamento de Thierry, mas o longo "chapéu" passou por cima da trave e o marcador ficou em 1-2. O Sporting da Covilhã soma assim o segundo desaire consecutivo, mas permanece no 7º lugar na classificação da Ledman LigaPro, tendo seis pontos a mais do que a zona de despromoção, seguindo-se uma deslocação ao terreno do Arouca.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20182019/ledmanligapro/28/7

Actualizado em Segunda, 08 Abril 2019 08:52
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1707048