SC Covilhã 1 SL Benfica 1
Terça, 03 Dezembro 2019 00:00

Covilhanenses e benfiquistas disputam a redonda

Grande exibição do Sporting Clube da Covilhã na recepção ao Sport Lisboa e Benfica, em jogo integrado na 2ª jornada do Grupo B da Taça da Liga, no qual a vitória esteve perto de sorrir às nossas cores, visto que somente aos 82 minutos aconteceu o golo que anulou a vantagem serrana proporcionada pelo tento de Bonani.

O emblema covilhanense apresentou-se em campo com Bruno Bolas na baliza, acompanhado na defensiva por Jaime Simões, Brendon, Zarabi e Joel Vital, estando o meio campo entregue a Gilberto, Adriano Castanheira, Mica e Jean Batista, ficando a frente de ataque sob a responsabilidade de Bonani e Abdoulaye Daffé. Boa entrada dos locais nesta partida, pois, logo aos 4 minutos, Adriano atirou uma boa intervenção do guarda-redes Zlobin. A resposta lisboeta não se fez esperar e aos 11 minutos, na sequência de um canto, Gedson cabeceou à barra da baliza de Bruno Bolas. Aos 22 minutos, os benfiquistas reclamaram um castigo máximo, mas o árbitro Rui Oliveira não viu qualquer falta de Bruno Bolas sobre De Tomás. O avançado espanhol De Tomás voltou a ser protagonista aos 30 minutos, quando rematou para uma defesa eficaz de Bruno Bolas. Já com o tempo de descanso a aproximar-se, o perigo rondou as redes visitantes, com o remate de Adriano a passar um pouco por cima do desejado alvo. Ao intervalo: 0-0.

Na segunda parte, os comandados de Ricardo Soares inauguraram o marcador logo na jogada inicial por intermédio de Bonani, que aproveitou alguma confusão na defensiva encarnada para ficar isolado e atirar fora do alcance de Zlobin. Os pupilos de Bruno Lage sentiram o golo sofrido e demoraram a agarrar o jogo, destacando-se apenas dois cruzamentos de Nuno Tavares que levaram a bola ao lado exterior do poste, em lances devidamente controlados por Bruno Bolas. Maior ameaça veio da cabeça do brasileiro Vinícius aos 66 minutos, em que a bola passou ao lado da baliza serrana. A formação covilhanense sentia mais dificuldades em sair para o ataque, porém, aos 80 minutos esteve perto de aumentar a contagem por Adriano, que viu o seu remate desviado por Rúben Dias e quase entrar na baliza forasteira. O resultado final acabou por ser fixado aos 82 minutos por Jota, que atirou certeiro após um livre lateral e assinou o 1-1. O mesmo jogador ameaçou desfazer a igualdade aos 89 minutos, mas desta vez Jota rematou ao lado. Volvidos alguns minutos, o jogo terminou e o 1-1 foi muito aplaudido pelos adeptos covilhanenses, que reconheceram o esforço dos seus jogadores, ao conseguirem um desfecho que permite continuarem a sonhar com a presença na "final four" da competição. No próximo domingo, o Sporting da Covilhã volta ao campeonato para uma deslocação ao terreno do Varzim.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/allianzcup/4/3

Actualizado em Quarta, 04 Dezembro 2019 10:25
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2126655