SC Covilhã 1 A. Académica de Coimbra 2
Domingo, 15 Dezembro 2019 00:00

Gilberto e Leandro disputam a bola

Sexta partida seguida sem o Sporting Clube da Covilhã conseguir vencer na LigaPro, pois, nesta jornada foi derrotado pela Associação Académica de Coimbra por 1-2, num jogo em que até esteve na frente do marcador.

O conjunto serrano apresentou-se em campo com Carlos Henriques na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Brendon, Zarabi e Daniel Martins, estando o meio campo entregue a Rodrigues, Adriano Castanheira, Gilberto e Mica, ficando a frente de ataque sob a responsabilidade de Bonani e Abdoulaye Daffé.

Os serranos começaram o encontro com ascendente sobre o adversário e não demoraram a dar trabalho ao guardião Mika, que aos 10 minutos foi obrigado a uma boa defesa para evitar o êxito do cabeceamento de Adriano. A meio da primeira parte, Mika foi mesmo batido pelo desvio de cabeça de Adriano, só que o defesa central Silvério chegou a tempo de impedir a bola de entrar na baliza academista. Os comandados de Ricardo Soares estavam claramente por cima no jogo, porém, sem alcançarem o desejado golo, embora não tivessem faltado ocasiões para isso, como um remate de Bonani para intervenção difícil de Mika e um cabeceamento de Daffé ao lado. Ao intervalo: 0-0.

Bonani pressionado por Dias

Na etapa complementar, a Académica regressou mais perigosa e João Mendes deu o primeiro sinal na cobrança de um livre directo, com a redonda a passar ao lado das redes covilhanenses. Aos 60 minutos, a formação conimbricense reclamou um pontapé de penálti por suposta infracção manual de um jogador local, mas o árbitro Hélder Malheiro não viu qualquer irregularidade. Volvidos alguns instantes, nova ameaça à baliza serrana na sequência de um contra ataque, com o brasileiro Derik Lacerda a rematar para uma boa defesa de Carlos Henriques. Contudo, quem abriu o marcador foi o emblema anfitrião aos 65 minutos, quando Brendon cabeceou certeiro após um canto apontado por Gilberto na direita. A vantagem serrana não durou muito tempo, visto que aos 74 minutos surgiu o tento do empate por intermédio de Traquina, que encostou com sucesso um cabeceamento de Mike, num lance bastante contestado pelos locais por fora de jogo do extremo dos "estudantes". Os covilhanenses tiveram uma reacção imediata em busca do triunfo, que ganhou mais força aos 86 minutos por expulsão de Mike devido a falta sobre um isolado Adriano. No entanto, em inferioridade numérica, a Académica surpreendeu os serranos aos 90+3 minutos, quando o guardião Mika pontapeou a bola para o ataque e deixou Djoussé diante de Carlos Henriques, com o avançado camaronês a ser eficiente e assinar o 1-2, provocando uma explosão de alegria nos adeptos que viajaram desde Coimbra. Com mais este desaire, o Sporting da Covilhã ocupa o 7º lugar da classificação da Segunda Liga, mas agora vai virar atenções para a Taça da Liga, disputando o acesso à Final Four no próximo sábado no terreno do Vitória de Guimarães

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/ligapro/13/6

Actualizado em Segunda, 16 Dezembro 2019 10:14
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2125686