SC Covilhã 1 GD Estoril Praia 0
Sábado, 11 Janeiro 2020 00:00

Kukula cabeceia para o único golo da partida

O Sporting Clube da Covilhã alcançou na recepção ao Grupo Desportivo Estoril Praia a sua segunda vitória consecutiva na LigaPro, com o golo apontado por Kukula aos 68 minutos a ser suficiente para garantir os três pontos nas contas dos comandados do treinador Daúto Faquirá.

O conjunto serrano apresentou-se em campo com Carlos Henriques na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Jaime Simões, Brendon e Agostinho Soares, estando o meio campo entregue a Filipe Cardoso, Bonani, Gilberto e Jean Batista, ficando Mica Silva no apoio directo ao avançado Kukula. Os primeiros momentos da partida apresentaram um onze visitante mais virado para o ataque, obrigando o guardião Carlos Henriques a uma saída eficaz logo aos 4 minutos perante a ameaça de Roberto. Aos 11 minutos, os estorilistas introduziram mesmo a bola nas redes locais por Juninho, mas o lance foi anulado pela arbitragem liderada por Hugo Silva por suposto fora de jogo. Os serranos revelaram algumas dificuldades em instalarem-se no meio campo adversário, isto, porque o Estoril estava melhor no encontro, voltando a incomodar Carlos Henriques aos 27 minutos, quando Juninho atirou rasteiro para uma defesa atenta do guarda-redes anfitrião. Foi necessário aguardar pelo minuto 39 para o Covilhã causar algum impacto no jogo, com Mica a rematar contra o defesa central Marcos Valente em zona muito perigosa, seguindo a redonda para canto. Ao intervalo: 0-0.

Mica pressionado por Daniel Bragança

A segunda parte foi totalmente diferente, pois, os jogadores covilhanenses surgiram com uma dinâmica elevada e criaram de imediato duas acções complicadas para a defensiva opositora: aos 46 minutos, Kukula atirou para golo, mas a jogada foi invalidada pela arbitragem por pretenso fora de jogo do cabo-verdiano; e aos 49 minutos, um livre cobrado por Bonani possibilitou uma espectacular intervenção a Dani Figueira para manter o nulo no marcador. O encontro estava movimentado e aos 68 minutos aconteceu o único golo da partida, com Kukula a cabecear com êxito um cruzamento de Mica junto à linha de fundo, levando assim a alegria aos apoiantes serranos. A reacção estorilista não se fez esperar e o empate chegou a pairar no Estádio Santos Pinto, principalmente em três situações: aos 73 minutos, Franco cabeceou ao lado das redes locais; aos 84 minutos, só a coragem de Tiago Moreira impediu o sucesso do remate de Careca; e aos 86 minutos, em posição favorável para festejar, Roberto cabeceou fraco para as mãos de Carlos Henriques. Numa das respostas em contra ataque, os serranos também ameaçaram dilatar a diferença aos 88 minutos, mas Deivison rematou por alto já perto da baliza de Dani Figueira e não alterou o resultado final de 1-0. Com este triunfo, o Sporting da Covilhã ainda não perdeu sob a orientação do técnico Daúto Faquirá, seguindo-se uma deslocação ao terreno do Farense na manhã do próximo domingo.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/ligapro/16/8

Actualizado em Segunda, 13 Janeiro 2020 10:12
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2126934