FC Porto B 4 SC Covilhã 2
Domingo, 26 Janeiro 2020 00:00

Depois de uma sequência de quatro jogos consecutivos a pontuar, o Sporting Clube da Covilhã viu essa série ser interrompida com uma derrota na deslocação ao terreno da equipa B do Futebol Clube do Porto, num encontro que terminou com o resultado de 4-2, mas em que o nosso clube ameaçou alcançar um desfecho diferente.

Os azuis e brancos tiveram algum ascendente logo na fase inicial, no entanto, somente aos 16 minutos é que criaram o primeiro lance de perigo, com Rodrigo Valente a rematar por alto em posição excelente para ser feliz. Os serranos não subiam demasiado no relvado do Estádio Dr. Jorge Sampaio e o guardião Ricardo ia tendo uma tarde tranquila. Do outro lado do campo, os locais revelavam-se mais ameaçadores e as tentativas para inaugurarem o marcador foram acontecendo, algo que tornou-se uma realidade aos 30 minutos, em que Landis cabeceou certeiro após um livre cobrado por Afonso Sousa. Os pupilos de Daúto Faquirá não demoraram a reagir ao tento sofrido e o golo do empate surgiu aos 34 minutos, com Deivison a cabecear com êxito um cruzamento de Mica. Até ao tempo de descanso, apenas um cabeceamento de Landis provocou alguma incerteza no resultado que se verificava, mas a bola passou ao lado das redes de Carlos Henriques. Ao intervalo: 1-1.

Na segunda parte, o FC Porto B esteve muito forte nos momentos iniciais e festejou dois golos até ao quarto de hora: aos 52 minutos, uma intervenção de Zarabi deixou a redonda disponível para o remate triunfal do camaronês Nkeng; e aos 60 minutos, um passe atrasado de Nkeng possibilitou a Afonso Sousa atirar para o fundo das malhas visitantes. Contudo, as duas bolas de diferença no "placard" não foram muito duradouras, pois, aos 62 minutos, o recém entrado Rodrigo António rubricou uma boa jogada e rematou cruzado com sucesso para a baliza portista, aumentando a emoção sobre o desfecho da partida. E aos 75 minutos, o rumo do jogo esteve quase a ser alterado a favor das cores serranas, visto que Landis foi expulso por vermelho directo ao derrubar Deivison, que estava preparado para empatar o encontro numa recarga a defesa de Ricardo Silva a remate de Rodrigo António, originando assim um castigo máximo. No entanto, na conversão do pontapé de penálti, Gilberto atirou ao lado e os portistas continuaram em vantagem no marcador, mas agora reduzidos a dez unidades em campo. O onze covilhanense procurou beneficiar da superioridade numérica, mas pela frente encontrou uma equipa coesa, que soube controlar as iniciativas opositoras. Já no período de compensação, os serranos reclamaram um pontapé de penálti por suposta falta sobre Deivison, contudo, o árbitro André Castro mandou seguir o jogo, com os nortenhos a fixarem o resultado em 4-2 aos 90+5 minutos por Fábio Vieira, a passe de Rodrigo Valente. Com esta derrota, o Sporting da Covilhã permanece no 4° lugar da LigaPro, recebendo na próxima jornada a Oliveirense.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/ligapro/18/3

Actualizado em Domingo, 26 Janeiro 2020 18:31
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2142443