SC Covilhã 0 Académico de Viseu FC 1
Domingo, 16 Fevereiro 2020 00:00


Daffé deixa escapar a bola em plena área forasteira

O Sporting Clube da Covilhã somou o segundo encontro consecutivo sem conquistar qualquer ponto na LigaPro, juntando ainda o facto de nem um golo ter festejado nestas duas últimas jornadas, sendo desta vez derrotado em casa pelo Académico de Viseu Futebol Clube por 0-1.

A formação serrana apresentou-se em campo com Carlos Henriques na baliza, acompanhado na defensiva por Tiago Moreira, Brendon, Jaime Simões e Joel Vital, estando o meio campo entregue a Filipe Cardoso, Rodrigo Martins, Gilberto e Gui Inters, ficando Mica Silva no apoio directo ao avançado Kukula. Esta partida até começou movimentada, revelando duas equipas empenhadas em ameaçar a baliza adversária, no entanto, com o avançar do relógio a sonolência instalou-se no Estádio Santos Pinto, com a bola a passar largos minutos longe da zona do terreno onde causa maior emoção. Veja-se que, em toda a primeira parte, somente um lance provocou algum perigo junto de uma das redes, neste caso das serranas, quando aos 7 minutos, um remate de Fernando Ferreira bateu na defensiva local e desviou-se da rota que parecia triunfal. Perante este cenário, o nulo não surpreendeu que fosse resistindo até ao período de descanso. Ao intervalo: 0-0.

Disputa pelo ar no Estádio Santos Pinto

Na etapa complementar, os comandados de Daúto Faquirá surgiram mais perigosos e obrigaram o guardião Ricardo Janota a mais trabalho, realizando duas atentas saídas da baliza perante Kukula e Rodrigo Martins que impediram o sucesso das iniciativas covilhanenses. Contudo, e quando os serranos estavam melhor no jogo, foi o Académico que alcançou o golo aos 66 minutos, num lance em que o árbitro Dinis Gorjão considerou faltoso o contacto entre Carlos Henriques e Fernando Ferreira e assinalou um pontapé de penálti, devidamente aproveitado por Diogo Santos para inaugurar o marcador e provocar os festejos dos apoiantes viseenses presentes no estádio covilhanense. A equipa anfitriã sentiu o tento sofrido e demorou a regressar à dinâmica anterior, algo que só voltou a acontecer nos derradeiros dez minutos, em que ameaçou chegar ao empate em duas ocasiões: aos 81 minutos, Daffé deixou a escapar a redonda diante do guarda-redes Janota; e aos 89 minutos, um passe de Bonani permitiu a Kukula atirar um pouco ao lado da baliza visitante, gorando-se assim uma última oportunidade de evitar a derrota. Com este desaire, o Sporting da Covilhã cai para o 7º lugar da classificação, deslocando-se no próximo sábado ao terreno do Leixões.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20192020/ligapro/21/8

Actualizado em Segunda, 17 Fevereiro 2020 10:16
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2126878