SC Covilhã 1 CD Nacional 2
Domingo, 11 Setembro 2022 00:00

Cornélio progride com a bola para o meio campo madeirense

Mais um jogo no Estádio Santos Pinto, mais uma derrota do Sporting Clube da Covilhã, que continua sem conquistar qualquer ponto no seu reduto, pois, neste encontro foi o Clube Desportivo Nacional que somou os três pontos em disputa, fruto do resultado final de 1-2.

No entanto, a partida até começou de melhor maneira para as cores serranas, visto que alcançaram o golo inaugural ainda não estavam jogados dois minutos, com Gildo a trabalhar bem a redonda para assinar um remate rasteiro para as redes visitantes, após um passe de Mársico. Perante este cenário, o Nacional assumiu o controlo do jogo em busca do empate, com Dudu a rubricar a primeira ameaça séria aos 19 minutos, ao cabecear por cima na sequência de um canto. Novo sinal de perigo forasteiro surgiu aos 37 minutos, agora com Zé Manuel a atirar ao lado em boa posição na área local. Em cima dos 45 minutos, Tiago Moreira foi obrigado a deixar as quatro linhas devido a lesão, entrando Diogo Cornélio para o seu lugar. No tempo de compensação da primeira parte merece saliência a falta de pontaria de Ruben Macedo e de Zé Tiago, que não conseguiram acertar na baliza adversária, deixando assim o vantagem mínima dos serranos no marcador para o período de descanso.

Na etapa complementar, o Nacional surgiu claramente apostado em inverter o "placard" e não demorou a causar problemas junto das redes covilhanenses: aos 52 minutos, Zé Manuel atirou para uma intervenção atenta de Bruno Bolas; e no minuto seguinte, o guardião serrano foi obrigado a grandes reflexos para evitar que o desvio da bola em Seydine N´Diaye fosse a alegria madeirense. Aos 55 minutos aconteceu mesmo o tento do empate, numa acção em que Bruno Bolas largou a redonda num movimento infeliz, o que foi aproveitado por Clayton para atirar com êxito para as redes locais. O conjunto da ilha da Madeira partiu agora em busca da vitória, que esteve perto de ser uma realidade aos 67 minutos, quando Dudu ficou sozinho diante de Bruno Bolas, contudo, o atacante brasileiro atirou ao lado. Os comandados de Leonel Pontes apenas tiveram dois momentos dignos de registo em toda a etapa complementar, em concreto, um remate de Gilberto por cima e um cabeceamento de Aponzá ao lado. O resultado final foi estabelecido aos 88 minutos por intermédio de Witi, que deu o melhor seguimento a um contra ataque do Nacional e a um passe de Luís Esteves. Os forasteiros ainda ameaçaram dilatar a diferença numa iniciativa de José Gomes, porém, o 1-2 foi mesmo o desfecho deste jogo após o derradeiro apito do árbitro Hélder Carvalho. Na próxima jornada, o Sporting da Covilhã visita a equipa B do SL Benfica, onde vai procurar regressar às vitórias, algo que não aconteceu nas últimas cinco jornadas.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20222023/ligaportugalsabseg/6/4

Actualizado em Domingo, 11 Setembro 2022 20:40
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2847606