SL Benfica B 4 SC Covilhã 0
Domingo, 18 Setembro 2022 00:00

O Sporting Clube da Covilhã continua a atravessar um mau momento nesta edição da Segunda Liga, visto que nesta jornada foi goleado (4-0) pela equipa B do Sport Lisboa e Benfica, num jogo em que sofreu dois golos logo no quarto de hora inicial.

A formação benfiquista entrou muito forte nesta partida e não demorou a causar problemas ao sector defensivo dos serranos, com as intenções locais a terem duplo reflexo no marcador em curto espaço de tempo: aos 8 minutos, Henrique Araújo trabalhou bem a redonda perante os opositores para aparecer diante de Bruno Bolas, atirando depois fora do alcance do guardião visitante; e aos 13 minutos, Henrique Pereira efectuou um passe para Rodrigo Pinho ter êxito na finalização e colocar de imediato dois golos de diferença no "placard" do Campus do Seixal. A reacção dos pupilos de Leonel Pontos não foi muito convincente e o SL Benfica B continuou a ameaçar com frequência as redes adversárias, com destaque para uma acção de Rodrigo Pinho e outra de Henrique Pereira, esta última bem defendida por Bruno Bolas. O lance mais perigoso do onze covilhanense aconteceu ao minuto 34, quando Kukula obrigou o guarda-redes Samuel Soares a duas defesas para evitar a redução da desvantagem por parte dos serranos. Se o cenário já estava complicado para os forasteiros, pior ficou a partir dos 39 minutos, pois, o árbitro David Silva mostrou o segundo amarelo a Kukula e expulsou-o do jogo, deixando o SC Covilhã reduzido a dez unidades ainda antes do período de descanso.

A segunda parte começou praticamente com mais um golo encarnado, agora assinado por Henrique Pereira, após uma boa jogada com Rodrigo Pinho, aumentando assim para três as bolas de diferença no marcador. O conjunto covilhanense teve o mérito de não baixar os braços perante o rumo dos acontecimentos, com Gildo e Beléa a proporcionarem intervenções de Samuel Soares para manter a sua baliza a zero. Apesar do desnível no "placard", o jogo foi tendo interesse e não faltaram algumas iniciativas de maior emoção, como um cabeceamento de Paulo Bernardo para boa defesa de Bruno Bolas e um remate de Beléa que foi devolvido pela barra da baliza lisboeta. Aos 80 minutos, Aponzá só não celebrou um tento serrano porque um defensor local estava atento sobre a linha de baliza, e aos 87 minutos, Henrique Araújo atira por alto em plena área visitante, no entanto, a partida teria mesmo mais um golo aos 90+3 minutos, em que o mesmo Henrique Araújo fixou o resultado em 4-0. Este desfecho ajuda a empurrar o nosso clube para os lugares que ninguém deseja na classificação, seguindo-se uma paragem na Segunda Liga para compromissos da Selecção Nacional e para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal, em que o Sporting da Covilhã visitará o Caldas SC.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20222023/ligaportugalsabseg/7/2

Actualizado em Domingo, 18 Setembro 2022 14:38
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2847542