SC Covilhã 2 Académica 0
Sábado, 08 Setembro 2012 19:38

Onze inicial dos serranos nesta partida

O Sporting Clube da Covilhã esteve em grande na primeira mão da 2ª Fase da Taça da Liga, visto que assinou uma bela exibição e derrotou por 2-0 a Associação Académica de Coimbra, conseguindo assim uma vantagem importante para a deslocação a terras conimbricenses, onde se decidirá quem vai passar à fase seguinte da competição.

Os serranos apresentaram-se em campo num esquema de 1x3x4x1x2, com Jorge Baptista na baliza, estando à sua frente Edgar, Gaspar e Ricardo Rocha, ficando a zona intermediária entregue a Dani Matos, Gilberto, Nené e Pimenta, com Tarcísio mais perto dos avançados Carlos Manuel e Fabrício. A formação local entrou na partida a pressionar bastante o adversário, tendo conseguido logo aos 7 minutos uma excelente situação para inaugurar o marcador, pois, Tarcísio foi derrubado na área visitante, sendo assinalada a grande penalidade pelo árbitro Paulo Baptista. Contudo, na respectiva conversão, Fabrício permitiu a intervenção de Peiser, que também defendeu a recarga do mesmo Fabrício, sobrando ainda a bola para Dani Matos, que a introduziu nas redes, mas com a equipa de arbitragem a marcar prontamente um fora de jogo. A Académica parecia surpreendida com a dinâmica serrana e passava muito tempo a ver jogar os covilhanenses, que acabaram mesmo por chegar ao golo aos 28 minutos, com um remate cruzado de Fabrício, que provocou a primeira alegria no muito público presente no Complexo Desportivo. O treinador forasteiro, Pedro Emanuel, reagiu quase de imediato à desvantagem, colocando em campo Marinho, mas o Covilhã não permitiu qualquer superioridade adversária. Ao intervalo: 1-0.

Na etapa complementar, a Académica surgiu mais empreendedora e a bola começou a aparecer com frequência na zona do ponta de lança Edinho, todavia, os serranos não perderam a concentração defensiva e mantiveram a sua baliza inviolável. No entanto, o conjunto de Filipe Moreira não se limitou às acções defensivas, visto que progredia várias vezes para o ataque com boas trocas de bola, tendo aumentado a diferença numa dessas jogadas, quando aos 64 minutos, Gilberto atirou de longe e rasteiro para o fundo da baliza de Peiser, estabelecendo assim o 2-0. Os visitantes bem se esforçaram para alterar o rumo dos acontecimentos, mas os serranos estavam atentos e ameaçaram novos festejos aos 75 minutos, com o guardião Peiser a evitar de cabeça que Fabrício ficasse com as redes à sua mercê. Sem demasiadas alterações nestas características, o jogo chegou ao seu final, com o Sporting da Covilhã a garantir uma vantagem de duas bolas para a segunda mão da eliminatória, seguindo-se na próxima semana mais uma prova a eliminar, agora a Taça de Portugal com a recepção ao Cinfães, numa partida que assinalará o regresso de jogos oficiais ao histórico Estádio Santos Pinto.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://www.lpfp.pt/taca_liga/pages/jogo.aspx?epoca=20122013&jornada=4&jogo=8063

 

Actualizado em Segunda, 17 Setembro 2012 09:38
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2118751