António Rebelo de Matos

Av_Matos

 

António Rebelo de Matos - O Principal Fundador do Sporting Clube da Covilhã

 

António Rebelo de Matos nasceu na Covilhã á 22 de Fevereiro de 1904. Comerciante e representante de várias marcas de máquinas, foi casado com D. Amélia Eugénia Vaz de Sousa Matos e fruto deste casamento nasceram três filhas, D.Maria Leonor Matos, D. Maria Manuela Matos e D. Maria Eugénia Matos Borén. Devido à sua amizade com várias personalidades do Sporting Clube de Portugal, António Rebelo de Matos fez contactos com o Presidente do SCP (Júlio Cardoso Araújo), que apesar de estar no seu último mandato, desejava fazer várias filiais por Portugal. Com o entusiasmo de criar uma filial do Sporting na cidade da Covilhã, António Rebelo de Matos, em concordância com o presidente Júlio Araújo, convida a deslocar-se à Covilhã o dirigente do Sporting Clube de Portugal, Amilcar Pinto, acompanhado pelo jogador internacional Jorge Vieira, uma glória do Sporting nessas épocas. Convenceu também a participar na reunião os Covilhanenses António Estrela, Joaquim Meruje e João Oliveira, todos fundadores do Estrela Futebol Club, um emblema considerado como um clube de jovens com grandes posses e que pertenciam a uma classe social económica média-alta, era chamado de “o clube dos ricos”. Assim, em 02 de Junho de 1923, numa cerimônia pouco protocolar em casa de António Rebelo de Matos, era fundado o Sporting Clube da Covilhã, sendo depois, em 23 junho de 1923, oficializado como 8ª Filial do Sporting Clube Portugal pelo Presidente Dr. José Salazar Correia. Pode-se então considerar, que em 02 de Junho de 1923 o Estrela Futebol Club transformou-se no Sporting Clube da Covilhã. Na fase de transição, as cores dos equipamentos chegaram a ser o amarelo e preto, mas rapidamente passaram a ser o verde e branco que perdura até aos dias de hoje. O Primeiro presidente do Sporting Clube da Covilhã foi José Jacinto Ferreira, sendo António Rebelo Matos o Tesoureiro, constituindo-se este a maior parte das vezes como o grande financiador do clube. Apesar da importância de António Rebelo de Matos, ele nunca chegou a ser presidente, nem jogador do Sporting da Covilhã, mas chegou a ser o sócio numero um do clube, que no primeiro ano de fundação tinha 70 sócios. O primeiro jogo do Sporting da Covilhã foi contra os Montes Herminios, onde viria a vencer este encontro e o pontapé de saída foi dado pela esposa do Sr. António Rebelo de Matos (D. Amélia Eugênia Sousa Matos). Em 1948, António Rebelo de Matos radicou-se na Figueira da Foz, vindo a falecer nessa cidade em 18 de Maio de 1964.

Nesta longínqua história do Sporting da Covilhã, e sem tirar mérito aos outros bravos fundadores do nosso clube, foi sem dúvida este grande Covilhanense o grande impulsionador da fundação do nosso clube.


Texto: Miguel Saraiva

 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1475729