SC Covilhã 1 UD Oliveirense 1
Sábado, 18 Agosto 2012 00:00

Tarcísio rodeado de adversários

Na segunda jornada da Segunda Liga, o Sporting Clube da Covilhã repetiu a igualdade da ronda inaugural, só que desta vez com um golo e na situação de visitado pela União Desportiva Oliveirense, com ambos os tentos obtidos no primeiro tempo.

Os locais apresentaram-se em campo num esquema de 1x3x4x1x2, com Jorge Baptista na baliza, estando à sua frente Edgar, Gaspar e Ricardo Rocha, ficando a zona intermediária entregue a Paulo Grilo, Gilberto, Milton e Pimenta, com Tarcísio mais perto dos avançados João Rodrigues e Fabrício. O Covilhã abriu a contagem logo aos 5 minutos, com Tarcísio a aproveitar um percalço do sector defensivo adversário para surgir isolado diante de João Pinho e atirar para o fundo das redes. A reacção da Oliveirense não foi muito notada, até porque os serranos revelavam um futebol de qualidade, com bastante posse de bola e passes certeiros. No entanto, aos 25 minutos, uma descoordenação na defensiva covilhanense permitiu um bom movimento do recém-entrado Carlitos (substituiu o lesionado Luís Barry), que não deu hipótese de intervenção a Jorge Baptista e fixou o resultado em 1-1. Os locais sentiram este golo, mas não demoraram a regressar ao domínio do jogo, conseguindo dois lances de perigo para a baliza forasteira: aos 35 minutos, um remate longínquo de Milton passou um pouco por cima do travessão; e aos 42 minutos, uma defesa eficaz de João Pinho impediu o êxito da iniciativa de Tarcísio. Pelo meio, a formação de Oliveira de Azeméis voltou a ter protagonismo por Carlitos, desta vez ao acertar nas malhas laterais. Ao intervalo: 1-1.

 

Gilberto progride entre Rui Lima e Banjai

A etapa complementar foi caracterizada pelo equilíbrio, com o Covilhã a não conseguir superiorizar-se à Oliveirense, o que tornou o jogo menos interessante, até porque a bola raramente se aproximava de ambas as balizas. Os treinadores bem tentaram agitar a partida, com Filipe Moreira a esgotar as substituições em menos de cinco minutos, colocando Nené no meio campo, com a consequente deslocação de Gilberto para a ala direita, e trocando a dupla de avançados ao fazer entrar Carlos Manuel e Moreira. Contudo, o encontro apenas ganhou uma ligeira emoção em duas acções repartidas por ambas as equipas: primeiro, aos 78 minutos, um cabeceamento de Gaspar passou muito perto das redes adversárias; depois, aos 80 minutos, um remate do inevitável Carlitos proporcionou uma boa intervenção a Jorge Baptista. O derradeiro apito do árbitro Hugo Pacheco sentenciou o empate como desfecho final, com o Sporting da Covilhã a jogar novamente na quarta-feira, agora no terreno do Sporting B em partida integrada na 3ª jornada.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo:

http://www.lpfp.pt/segunda_liga/pages/jogo.aspx?epoca=20122013&jornada=2&jogo=7595

Actualizado em Segunda, 20 Agosto 2012 09:07
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2118803