SC Covilhã 1 FC Arouca 1
Domingo, 23 Setembro 2012 00:00

Gilberto avança com a bola

A Segunda Liga continua a disputar-se a alta velocidade e vai já na 7ª jornada, com o Sporting Clube da Covilhã a empatar a uma bola na recepção ao Futebol Clube de Arouca, sendo os dois golos apontados na primeira parte, com os locais a recuperarem da desvantagem em pouco tempo.

Os serranos apresentaram-se em campo num esquema de 1x3x4x1x2, com Jorge Baptista na baliza, estando à sua frente Edgar, Gaspar e Ricardo Rocha, ficando a zona intermediária entregue a Dani Matos, Gilberto, Nené e Pimenta, com Tarcísio mais perto dos avançados Carlos Manuel e Fabrício. O jogo teve um início pouco movimentado, em que os locais tentaram assumir o controlo do meio campo, porém, os visitantes nunca deixaram desequilibrar o encontro, embora os serranos tenham criado um ou outro lance mais complicado para a defensiva adversária. No entanto, na primeira acção de grande perigo do jogo, o Arouca inaugurou o marcador aos 24 minutos, tendo tudo começado num remate de Kovacevic que obrigou Jorge Baptista a uma bela defesa para canto, na sequência do qual Idris cabeceou para o fundo das malhas covilhanenses. Contudo, a vantagem forasteira não foi muito duradoura, visto que aos 27 minutos, Gilberto solicitou Dani Matos na direita, que cruzou para o cabeceamento certeiro de Fabrício, que assim devolveu a igualdade ao encontro. O Arouca não tremeu com o tento sofrido e assinou dois lances de protagonismo para Jorge Baptista, com o guardião serrano a estar em grande plano perante as iniciativas de Kovacevic e Joeano. O Covilhã também teve a sua oportunidade para liderar o marcador aos 40 minutos, mas Dani Matos cabeceou torto diante do guarda-redes Serginho. Ao intervalo: 1-1.

 

Edgar perante a oposição de João Vicente

Para a segunda parte, o treinador Filipe Moreira trocou Carlos Manuel por João Rodrigues, mas a formação mais perigosa nesta fase foi o Arouca, principalmente num lance protagonizado por João Vicente aos 61 minutos, em que, mais uma vez, Jorge Baptista esteve bem na defesa da sua baliza. A resposta serrana não se fez esperar, conseguindo duas jogadas problemáticas para as redes visitantes: aos 68 minutos, Ricardo Rocha integrou-se no ataque e atirou para uma intervenção de classe de Serginho; e aos 73 minutos, um cruzamento de Dani Matos foi desviado por João Rodrigues, com a bola a passar muito perto do poste. Este lance marcou o fim de emoção na partida, porque o empate não voltaria a estar seriamente em causa, apesar do empenho dos jogadores e de algumas acções mais mexidas. Com este ponto, o Sporting da Covilhã permanece sensivelmente na mesma posição na tabela classificativa, deslocando-se na próxima jornada ao terreno do Trofense.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://www.lpfp.pt/segunda_liga/pages/jogo.aspx?epoca=20122013&jornada=7&jogo=7705

Actualizado em Segunda, 24 Setembro 2012 09:25
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2145107