Atlético CP 0 SC Covilhã 0
Domingo, 03 Fevereiro 2013 00:00

Depois de três jornadas consecutivas sem pontuar, o Sporting Clube da Covilhã conseguiu somar um ponto na deslocação ao terreno do Atlético Clube de Portugal, numa partida que terminou sem golos, embora não tenham faltado oportunidades para o marcador funcionar.

Os serranos apresentaram-se em campo num esquema de 1x4x2x3x1, com Jorge Baptista na baliza e um quarteto defensivo formado por Gilberto, Buba, Gaspar e Paulo Grilo, jogando à sua frente Edgar e Carlos Manuel, ficando Gui, Tarcísio e Pimenta no apoio ao ponta de lança Fabrício. O jogo começou praticamente com um lance perigoso dos visitantes, visto que um passe de Tarcísio isolou Pimenta, que atirou ao lado diante do guardião Filipe Leão. Os lisboetas não demoraram a responder, porque aos 4 minutos, Rui Varela surgiu perante o guarda-redes Jorge Baptista, mas também não conseguiu acertar nas redes adversárias. O encontro prometia emoção, algo que voltou a acontecer aos 16 minutos e novamente a passe de Tarcísio, só que agora foi Gui que não tirou bem as medidas à baliza opositora. Após uma ligeira acalmia, o jogo voltou a animar depois da meia hora: primeiro, aos 32 minutos, Rui Varela chegou a colocar a bola nas malhas serranas, porém, o lance já estava anulado por indicação do árbitro assistente de Hugo Miguel; depois, no minuto seguinte, Gui não conseguiu cabecear um posição privilegiada para fazer golo; e aos 41 minutos, um cruzamento traiçoeiro de Fabrício obrigou Filipe Leão a uma intervenção atenta.

Para o segundo tempo, o Covilhã continuou a acreditar que podia alcançar o primeiro triunfo forasteiro no campeonato, delineando duas acções delicadas para os locais por Fabrício, que aos 50 minutos ainda passou por Filipe Leão, mas depois ficou sem ângulo de remate, e aos 57 minutos, rematou contra um defensor adversário em plena grande área. Os serranos estavam a actuar em bom plano e aos 64 minutos estiveram muito perto do golo, pois, o remate de Tarcísio acertou na barra e na sequência da jogada apareceu Gui a atirar para boa defesa de Filipe Leão. A meio da segunda parte, a formação de Alcântara começou a jogar mais tempo no meio campo contrário, mas a defensiva serrana nunca passou por demasiadas dificuldades, com excepção do minuto 67, em que Rui Varela cabeceou um pouco ao lado após um canto. Aos 69 minutos, Buba saiu lesionado e o técnico Fanã teve que recuar Edgar para defesa central, fazendo entrar Milton para o meio campo. Quem também entrou em campo foi o brasileiro Pedro Henrique aos 78 minutos, que se estreou com a camisola covilhanense ao substituir Fabrício na frente de ataque. O último apito de Hugo Miguel sentenciou o nulo como resultado final, um desfecho que permite ao Covilhã aumentar para dois pontos a diferença em relação à zona de descida de divisão, recebendo no próximo domingo o Marítimo B.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Eugénio Lopes.

Ficha de Jogo: http://www.lpfp.pt/segunda_liga/pages/jogo.aspx?epoca=20122013&jornada=26&jogo=7662

Actualizado em Domingo, 03 Fevereiro 2013 19:50
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2142430