João Peixe
Avaliação: / 3
FracoBom 

Na sequência de entrevistas anteriores, o site www.historiascc.com continua a salientar nomes destacáveis na vida do Sporting Clube da Covilhã, entrevistando desta vez João Peixe, que representou o emblema serrano entre 1998 e 2000, assinando boas exibições a mostrando-se como um exímio goleador, ajudando o nosso clube a conquistar o título de Campeão Nacional da 2ª Divisão B - Zona Centro na época 1998/1999, tendo marcado 16 golos nas duas épocas em que representou o emblema serrano.

Actualmente, João Peixe é massagista e técnico de fisioterapia

1 – Como surgiu o convite para ingressar no SC Covilhã?

Foi através do Mister António Jesus, que já na época anterior me tinha convidado, mas só na época seguinte fui para o Sporting Clube da Covilhã.

2 – Quais os factores que provocaram o êxito da equipa de 1998/99, que conseguiu a subida à Liga de Honra com considerável vantagem de cinco pontos na Zona Centro e onde João Peixe foi o melhor marcador do SCC com 12 golos?

Foram vários os factores de sucesso, como a estabilidade que o clube vivia naquele momento, quer financeiramente, quer ao nível de condições de trabalho, aliado à capacidade de liderança, experiência e valor do treinador António Jesus e sua equipa técnica, assim como o grande valor dos jogadores, quer ao nível humano, quer como profissionais.

3 – João Peixe é o jogador português que representou mais clubes em Portugal, no Sporting da Covilhã ficou durante duas épocas, foi um clube importante na sua carreira?

Foi um clube muito importante, porque devolveu-me o hábito de vitórias e de marcar golos e voltei a sentir-me jogador, com o Estádio Santos Pinto sempre com uma boa moldura humana e sempre a apoiar a equipa. Foi muito bom numa altura difícil da minha carreira.

4 – Foi campeão Europeu de Sub-18 em 1994, em Espanha, onde pontificavam nomes como Nuno Gomes, Dani, Quim, Beto, que mais tarde representaram clubes grandes em Portugal, sendo na altura João Peixe um dos nomes mais promissores desta seleção, o que faltou para singrar no Benfica?

Penso que faltou mais aposta da parte do clube. Quando subi a sénior, coincidiu com a entrada em vigor da   “lei Bosman “, que definiu a livre circulação de jogadores comunitários ,mas também cometi os meus erros, é verdade, mas nada que justificasse o “abandono” da parte do Benfica.

João Peixe envergou a nossa camisola entre 1998 e 2000

5 - Acompanha actualmente o SC Covilhã?

Sim, acompanho através da imprensa desportiva, internet e por vezes na televisão.

6 - Qual sua actividade no presente?

Sou massagista e técnico de fisioterapia. Tenho uma clínica onde exerço esta actividade e onde recebo muitos jogadores de Futebol

7 O que gostaria de referir que não foi mencionado anteriormente?

Que o Sporting Clube da Covilhã marcou a minha carreira desportiva. Fui muito feliz na Covilhã e gosto muito da cidade e das suas gentes, assim como de todo o distrito de Castelo Branco, que foi onde mais sucesso tive, quer colectivamente, quer individualmente. Também gostava de agradecer e dar os parabéns a todos os que fazem parte do site historiascc, pois, prestam um grande serviço, na divulgação do passado e do presente do Sporting Clube da Covilhã.

 João Peixe deu espectáculo com as cores serranas 

 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1532101