SC Covilhã 1 SL Benfica B 3
Domingo, 04 Março 2018 00:00

Makouta pressiona Keaton Parks

O Sporting Clube da Covilhã está a passar pelo pior momento da temporada, visto que somou diante da equipa B do Sport Lisboa e Benfica a terceira derrota consecutiva e o sexto jogo seguido sem qualquer triunfo, o que implica uma aproximação perigosa aos lugares que ditam a descida de divisão, agora somente a quatro pontos quando faltam disputar onze jornadas.

O conjunto serrano apresentou-se em campo num esquema de 1x4x4x2, com Igor Rodrigues na baliza, acompanhado na defensiva por João Dias, Zarabi, Joel e Paulo Henrique, ficando Makouta, Gilberto, Renato Reis e Moses no meio campo, com Amadu Turé e Adul Seidi em funções atacantes. Numa partida marcada pela chuva, frio (6ºC) e vento, o emblema local foi o primeiro a festejar logo aos 8 minutos, quando na sequência de um canto na esquerda, Joel surgiu a cabecear para as redes lisboetas. No entanto, a resposta benfiquista não demorou a chegar, pois, aos 15 minutos, um remate rasteiro de Zé Gomes bateu o guardião Igor Rodrigues e colocou as equipas empatadas. Os visitantes galvanizaram-se com este tento e Heriberto ameaçou virar o resultado a seu favor aos 19 minutos, atirando por alto em plena área covilhanense. A restante primeira parte caracterizou-se pelo equilíbrio e muita luta pela posse de bola, mas sem mais lances de grande emoção junto de ambas as balizas. Ao intervalo: 1-1.

Hudson tenta evitar a acção de Pedro Amaral

Para o segundo tempo, os pupilos de José Augusto voltaram com uma postura dominadora e tiveram uma boa ocasião para marcar aos 47 minutos, com Gilberto a isolar Renato Reis diante do guarda-redes Fábio Duarte, num duelo vencido pelo atleta encarnado ao defender a bola para canto. O Covilhã voltaria a ameaçar mexer no "placard" precisamente após um canto aos 66 minutos, em que João Dias efectuou mal o remate em posição favorável para ter êxito. Os serranos estavam por cima na partida e aos 75 minutos tiveram outra oportunidade para ganharem vantagem no encontro, quando uma bola bombeada de longe deixou Renato Reis em frente da baliza forasteira, mas o extremo local não fez melhor do que atirar por cima das redes, provocando o desespero nas hostes anfitriãs. Já o SL Benfica B, revelou pontaria afinada na parte final da partida e logo em dose dupla: aos 82 minutos, Chrien cruzou para o cabeceamento triunfal de Lystcov, que assim colocou o emblema de Lisboa na dianteira do marcador; e aos 84 minutos, Gedson assinou um belo remate que fixou o resultado em 1-3. O conjunto serrano ainda procurou alcançar um desfecho diferente, mas sem sucesso, até porque já faltava pouco tempo para o derradeiro apito do árbitro Rui Oliveira. Com este desaire, o Sporting da Covilhã fica apenas a quatro pontos dos lugares de despromoção, seguindo-se uma deslocação ao terreno do Arouca no próximo sábado, onde se deseja que o nosso clube comece a inverter esta onda negativa.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de Jogo: http://ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20172018/ledmanligapro/27/2

Actualizado em Segunda, 05 Março 2018 10:09
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1504943