História do Sporting Clube da Covilhã
Tatui
Terça, 07 Julho 2020 00:00

Ivailson da Silva Gabriel é conhecido no meio futebolístico por Tatui, um médio/extremo brasileiro que jogou no Sporting da Covilhã na temporada 2014/2015, sendo proveniente do GE Juventus, um emblema de Jaraguá do Sul, no estado de Santa Catarina. Nos 28 jogos oficiais que disputou com a camisola serrana, Tatui assinou três golos, com exibições de qualidade na 2ª Liga, Taça de Portugal e Taça da Liga, numa época em que o nosso clube sonhou com a subida à 1ª Liga até à derradeira jornada do campeonato, onde CD Tondela e União da Madeira acabaram por garantir a promoção. No entanto, Tatui só permaneceu na formação covilhanense até meio da temporada, visto que no final de Janeiro regressou ao Brasil para representar o Itumbiara EC, no estado de Goiás, aliás, um campeonato estadual onde continua a jogar, envergando actualmente a camisola da AA Luziânia. Que lembranças existem das jogadas de Tatui com as cores serranas?

Actualizado em Terça, 07 Julho 2020 08:54
 
Ribeiro
Terça, 30 Junho 2020 00:00

Ribeiro começou a sua carreira futebolística no SC Braga, passando depois por Varzim SC, AD Ovarense, Ermesinde SC, FC Famalicão e GD Bragança, de onde se transferiu na época 1975/1976 para o Sporting da Covilhã, tendo permanecido durante três temporadas no nosso clube, sempre com o emblema serrano a disputar a Zona Norte da 2ª Divisão Nacional. Ribeiro jogava preferencialmente no meio campo, somando 93 jogos oficiais com a camisola covilhanense, nos quais apontou um golo, com partidas disputadas no Campeonato Nacional da 2ª Divisão, na Taça de Portugal e na Taça Federação Portuguesa de Futebol. Depois do conjunto serrano, Ribeiro rumou ao Aliados do Lordelo, que naquele tempo também militava no escalão secundário, terminando posteriormente a carreira no USC Paredes, mas certamente que permanecem recordações das suas jogadas no onze covilhanense...

Actualizado em Terça, 30 Junho 2020 08:49
 
Doris
Terça, 23 Junho 2020 00:00

Depois de várias épocas em diversos clubes da 2ª Divisão de Espanha, nomeadamente, Gimnástica de Torrelavega, CD Badajoz, Xerez CD, Alicante CF e CD Eldense, o defesa Doris reforçou o Sporting da Covilhã na temporada 1960/1961, com o nosso clube a disputar mais uma edição da 1ª Divisão Nacional. No emblema serrano, Doris foi titular em cinco jogos durante a primeira volta do campeonato, mas a sua estadia em terras covilhanenses não foi muito prolongada e acabou por regressar a Espanha. Na única época em que Doris envergou a camisola serrana, o início até foi positivo, visto que a primeira derrota apenas surgiu na 6ª jornada, no entanto, uma posterior má fase atirou a equipa para a luta pela manutenção no principal escalão do futebol português, que somente foi alcançada através de um triunfo caseiro por 2-1 sobre o Vitória de Guimarães na derradeira ronda da competição. Que memórias persistem de Doris na formação covilhanense?

Actualizado em Terça, 23 Junho 2020 08:37
 
André Sousa
Terça, 16 Junho 2020 00:00

André Sousa começou a jogar futebol federado no UFC Moitense, mas as suas capacidades no sector intermediário depressa o levaram até aos iniciados do Sporting CP, onde permaneceu até à última época como juvenil, visto que o escalão júnior foi cumprido com a camisola da Naval 1º de Maio. No patamar sénior, a estreia de André Sousa foi no Odivelas FC, rumando depois ao FC Pampilhosa, pelo qual assinou uma excelente temporada, proporcionando-lhe internacionalizações sub-21 por Portugal e uma transferência para a 1ª Liga através do Beira-Mar. E foi por intermédio do empréstimo do emblema aveirense que André Sousa chegou ao Sporting da Covilhã na época 2011/2012, tendo actuado em vinte partidas oficiais com a camisola do nosso clube, nas quais apontou um golo, concretamente, num empate a duas bolas no terreno do SC Freamunde, que na altura ajudou a que os covilhanenses continuassem na luta pela manutenção na 2ª Liga, que acabou por ser alcançada através do 15º lugar na classificação, uma posição suficiente para esse objectivo devido à exclusão das provas profissionais da União de Leiria por problemas financeiros. De regresso ao Beira-Mar, André Sousa teve oportunidade de actuar na 1ª Liga, algo que também aconteceu no CF Os Belenenses, depois de uma passagem pelo Académico de Viseu, e na Belenenses SAD, agora vindo dos espanhóis do Sporting de Gijón. Actualmente, André Sousa joga na 1ª Divisão da Turquia com a camisola do Gaziantep FK, mas certamente que deixou boas recordações entre os adeptos serranos...

Actualizado em Terça, 16 Junho 2020 09:10
 
Pedro Fortes Dias
Terça, 09 Junho 2020 00:00

Pedro Fortes Dias completou os escalões de formação e actuou durante várias épocas nos seniores do GD Fabril do Barreiro (na altura com a designação de GD CUF e GD Quimigal), representando depois o CD Montijo, o Estrela da Amadora e O Elvas, antes de assinar contrato com o Sporting da Covilhã para a temporada 1989/1990. Pedro Dias jogava preferencialmente no sector intermediário, mas não foi muito utilizado na equipa serrana, numa época de desilusão para as cores covilhanenses, visto que nem sequer foi alcançado o 7º lugar da Zona Centro da 2ª Divisão Nacional, que daria acesso à edição inaugural da 2ª Divisão de Honra. Na Taça de Portugal, mais uma tristeza para Pedro Dias e colegas, pois, o nosso clube foi afastado logo na 1ª eliminatória pelo SL Nelas, que militava no Campeonato Distrital da AF Viseu. Pedro Fortes Dias não continuou no conjunto serrano para a época seguinte, mas certamente que persistem recordações da sua passagem pelo emblema serrano...

Actualizado em Terça, 09 Junho 2020 12:23
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 191
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2128781