História do Sporting Clube da Covilhã
Xinai
Terça, 08 Janeiro 2019 00:00

Jorge Miguel Fernandes Reis é conhecido nos meios futebolísticos por Xinai, um avançado que começou a carreira nas camadas jovens do Cariense, onde ascendeu ao patamar sénior e teve papel de destaque nas competições distritais, ao ponto de ser contratado pelo Sporting da Covilhã para a temporada 1993/1994. Essa época não correu nada bem ao emblema serrano, nem a Xinai, que foi pouco utilizado na Zona Centro da 2ª Divisão B e nem chegou a concluir a temporada, com o nosso clube a frequentar desde cedo os últimos lugares da classificação, não conseguindo assegurar a manutenção neste escalão. Depois do conjunto covilhanense, Xinai representou diversas formações da Beira Interior, concretamente, UD Belmonte, UD Cariense, CU Idanhense, Mileu-Guarda SC, GD Teixosense, Pedrógão de São Pedro e SC Gonçalense. Que memórias ficaram de Xinai com o emblema covilhanense?  


Actualizado em Terça, 08 Janeiro 2019 09:42
 
Mário Lima
Terça, 15 Janeiro 2019 00:00

O brasileiro Mário Lima chegou a Portugal para jogar no meio campo do FC Barreirense, que na altura militava na 1ª Divisão Nacional, representando posteriormente FC Paços de Ferreira, FC Penafiel, Rio Ave FC, GD Bragança e USC Paredes, antes de assinar pelo Sporting da Covilhã para a época 1980/1981. Lima envergou a camisola serrana durante duas temporadas, em que assumiu papel de destaque no sector intermediário, tendo participado em 47 jogos oficiais e apontado seis golos, com o nosso clube a disputar a Zona Centro da 2ª Divisão Nacional. Lima ficou radicado em terras lusitanas e prosseguiu a carreira futebolística em diversos clubes do Norte do país, nomeadamente, Tirsense, Lousada, Barrosas e Cristelo. Que lembranças persistem das exibições de Lima no meio campo serrano?

 

Actualizado em Terça, 15 Janeiro 2019 09:54
 
Toni
Terça, 12 Março 2019 00:00

O médio Toni Neves jogou nas camadas jovens do GD Gafanha e do SC Beira-Mar, com a primeira época de sénior a ser realizada com a camisola do Fermentelos, representando depois FIDEC, Pessegueirense, ARC Oliveirinha, Alba e Marialvas, antes de reforçar o Sporting da Covilhã para a temporada 1991/1992. Toni veio encontrar o emblema serrano a disputar a Zona Centro da 2ª Divisão B, numa temporada que seria negativa para as nossas cores, visto que o 16º lugar na classificação valeu a descida à 3ª Divisão Nacional. Toni actuou em 19 partidas oficiais do conjunto covilhanense, nas quais apontou dois golos, prosseguindo posteriormente a sua carreira por vários clubes, alguns deles como regresso, concretamente, Alba, Marialvas, AA Avanca, GD Gafanha, ARC Oliveirinha, ADCR Oiã e Vouzelenses. Que lembranças persistem das exibições de Toni no onze serrano?

Actualizado em Terça, 12 Março 2019 09:45
 
Rocha
Terça, 26 Fevereiro 2019 00:00

Sérgio Rocha completou os escalões jovens no FC Porto, mas a estreia a nível sénior foi realizada com a camisola do SC Régua, que naquela altura militava na série B da 3ª Divisão Nacional. Depois do emblema duriense, Rocha representou CD Portugal, SC Rio Tinto, CD Celoricense e Dragões Sandinenses, onde foi contratado pelo Sporting da Covilhã para a temporada 1992/1993. No conjunto covilhanense, Rocha ganhou o estatuto de suplente eficaz, visto que quando era chamado a jogo conseguia frequentemente golos ou jogadas problemáticas para os adversários, ajudando o nosso clube a subir à 2ª Divisão B ao alcançar o 2º lugar na série C da divisão terciária, somente atrás do União de Coimbra e com larga vantagem sobre o Penalva do Castelo. Na época seguinte, Rocha foi jogar para o Avintes, antes de terminar a carreira no Leverense, mas certamente que existirão memórias das suas exibições com o emblema serrano… 

Actualizado em Terça, 26 Fevereiro 2019 10:03
 
Ismael Gaúcho
Terça, 09 Abril 2019 00:00

Depois de concluir os escalões jovens no Internacional de Porto Alegre, Ismael Gaúcho entrou no futebol português através do CS Marítimo, onde foi jogando na equipa B do emblema madeirense. Com alguns regressos ao Brasil pelo meio, Ismael Gaúcho representou também o AD Oeiras e o Caldas SC, rumando deste último clube ao Sporting da Covilhã a meio da temporada 2007/2008, até porque era no momento um dos goleadores da 2ª Divisão B. Com o conjunto serrano apostado na subida à 2ª Liga, o avançado brasileiro acabou por participar apenas em quatro jogos, tendo apontado um golo na vitória por 3-1 sobre o Oliveira do Bairro, optando rapidamente por prosseguir a carreira na Islândia com a camisola do Throttur Reykjavik. Ismael Gaúcho voltaria a Portugal para jogar por CD Fátima, CD Pinhalnovense e Juventude de Évora, intercalando com passagens por diversos campeonatos, nomeadamente, Azerbaijão, Guatemala e Líbano, para além do seu país de origem. Que recordações existem de Ismael Gaúcho com as cores covilhanenses?


Actualizado em Terça, 09 Abril 2019 08:39
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 4 de 173
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 1714408