História do Sporting Clube da Covilhã
SC Covilhã 0 Vitória SC Guimarães 2
Terça, 21 Setembro 2021 22:00

Frank Angong perante Borevkovic

Em jogo a contar para a 1ª jornada do Grupo A da Taça da Liga, o Sporting Clube da Covilhã foi derrotado no Estádio Santos Pinto pelo Vitória Sport Clube de Guimarães por 0-2, num resultado que foi estabelecido na primeira parte com dois golos apontados pelo francês Janvier em curto espaço de tempo.

Esta partida até apresentou uma formação serrana mais perigosa nos momentos iniciais, com destaque para o minuto 7, em que um passe de Ryan Teague isolou Arnold diante do guardião Bruno Varela, porém, o extremo congolês atirou ao lado das redes visitantes para desespero dos adeptos locais. Cerca do quarto de hora, o primodivisionário Vitória instalou-se no meio campo adversário e as ameaças à baliza de Léo Navacchio foram surgindo, como que a anunciarem os dois tentos que fixaram o marcador deste encontro: aos 24 minutos, Rochinha cobrou um canto na esquerda para Janvier assinar um belo remate rasteiro para o fundo das redes opositoras; e aos 28 minutos, o mesmo Janvier deu o correcto seguimento ao cruzamento de João Ferreira na direita para delírio dos apoiantes vimaranenses presentes no recinto serrano. Os comandados de Wender procuraram reagir aos acontecimentos, mas sem qualquer sucesso, visto que os visitantes controlaram a bola tranquilamente até ao período de intervalo.

As derradeiras características do primeiro tempo foram transportadas para a etapa complementar, em que o Covilhã procurou pressionar um adversário que raramente perdeu o comando do jogo, com o relógio a correr no sentido favorável dos desejos do emblema de Guimarães. Foi necessário aguardar pelo último quarto de hora para que os serranos criassem duas situações para reduzir a diferença: aos 76 minutos, após um canto de Jean Felipe na direita, Jô cabeceou um pouco por cima da baliza forasteira; e aos 86 minutos, na sequência de um livre de Jean Felipe, um desvio de Jô obrigou Varela a uma boa intervenção para canto. Passados alguns minutos, o árbitro Gustavo Correia apitou pela última vez e selou o 0-2 como desfecho deste jogo, com o Sporting da Covilhã a colocar agora o foco na Taça de Portugal, pois, desloca-se no sábado ao terreno do Idanhense para discutir a passagem à 3ª eliminatória.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/allianzcup/3/1

Actualizado em Quarta, 22 Setembro 2021 08:56
 
Lupède
Segunda, 20 Setembro 2021 00:00

Antes de chegar ao futebol português através da Naval 1º de Maio, o defesa central Lupède representou diversos clubes franceses, com destaque para o Le Mans UC72, pelo qual actuou na 1ª Liga de França. No emblema figueirense, Lupède teve oportunidade de jogar na 1ª Liga portuguesa, mas a sua pouca utilização levou a que fosse emprestado ao Sporting da Covilhã a meio da temporada 2010/2011. Com as cores serranas, Lupède participou em treze encontros oficiais, ajudando o nosso clube a alcançar a manutenção na 2ª Liga por intermédio do 14º lugar na classificação final do campeonato. Na sua carreira, Lupède somou quatro internacionalizações por Guadalupe, um departamento ultramarino francês nas Caraíbas. Que memórias existem de Lupède no eixo da defensiva covilhanense?

Actualizado em Terça, 21 Setembro 2021 08:38
 
SC Covilhã 0 FC Penafiel 0
Sexta, 17 Setembro 2021 00:00

Lucas Barros e Feliz Vaz disputam a posse de bola

O Sporting Clube da Covilhã somou o segundo nulo consecutivo no campeonato na recepção ao Futebol Clube de Penafiel, elevando assim para quatro o número de jogos consecutivos sem saborear uma vitória, isto, numa partida que foi bem mais interessante de seguir após o intervalo.

Na primeira parte, a formação visitante começou por ter algum ascendente no encontro e criou um lance perigoso logo aos 5 minutos, quando David Caiado cruzou para o cabeceamento de Roberto por cima diante do guarda-redes Léo Navacchio. A meio da etapa inaugural já o jogo estava num patamar de equilíbrio, mas seria novamente o Penafiel a ameaçar abrir o marcador aos 36 minutos, com Léo Navacchio a largar a bola numa iniciativa de Simãozinho para surgir Roberto na recarga, no entanto, o guardião serrano redimiu-se do erro anterior e impediu com eficácia o golo forasteiro, segurando o empate para o período de descanso.

No segundo tempo, Léo Navacchio continuou a ser protagonista, agora com defesas atentas a remates de Feliz Vaz aos 56 minutos e de Edson Farias aos 63 minutos, porém, os serranos melhoraram bastante o seu jogo e também causaram dificuldades ao guarda-redes Caio Secco, como por exemplo, aos 69 minutos, em que o guarda-redes brasileiro assinou uma intervenção espectacular numa acção de Jô. Caio Secco voltou a estar em bom plano aos 75 minutos, agora ao defender eficazmente um livre directo apontado por Jean Felipe. A partida estava bastante animada com ambas as equipas a procurarem o triunfo, com destaque para mais dois lances até ao derradeiro apito do árbitro Rui Lima: aos 78 minutos, um cruzamento traiçoeiro de David Caiado obrigou Léo Navacchio a voar para manter as suas redes invioláveis; e aos 90+1 minuto, um livre directo de Ahmed Isaiah levou a redonda à barra da baliza penafidelense para desespero das hostes locais, que já se preparavam para festejar o golo. Com este 0-0, o Sporting da Covilhã conquistou nove pontos em seis jornadas da Segunda Liga, virando agora a atenção para a Taça da Liga, pois, na terça-feira recebe o Vitória de Guimarães no Estádio Santos Pinto para a 1ª jornada do grupo A.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/6/8

Actualizado em Sexta, 17 Setembro 2021 22:45
 
Filipe Chaby
Terça, 14 Setembro 2021 00:00

Filipe Chaby começou a jogar futebol federado no Vitória FC de Setúbal, onde a sua qualidade técnica chamou a atenção do Sporting CP, ao qual chegou no escalão de infantis para actuar nos restantes patamares de formação e na equipa B, com chamadas pontuais ao banco de suplentes do principal onze leonino e somando internacionalizações por Portugal desde dos sub-16 aos sub-19. Depois de um empréstimo ao CF União da Madeira e nova passagem pelo Sporting B, Filipe Chaby foi colocado pelo emblema lisboeta no Sporting da Covilhã na época 2016/2017, onde realizou uma temporada muito positiva, participando em 43 jogos oficiais pelo nosso clube, nos quais assinou oito golos. A única época em que Chaby representou o conjunto serrano também foi interessante a nível colectivo, visto que os covilhanenses conseguiram um tranquilo 8º lugar na Segunda Liga e alcançaram os Quartos de Final da Taça de Portugal. A carreira de Chaby prosseguiu depois por Belenenses, B SAD, Estoril Praia, Académica de Coimbra e Nacional da Madeira, pelo qual joga actualmente no escalão secundário. Que lembranças existem de Chaby com o emblema serrano?

Actualizado em Terça, 14 Setembro 2021 08:45
 
SL Benfica B 0 SC Covilhã 0
Sábado, 11 Setembro 2021 00:00

Depois da derrota sofrida na jornada passada, o Sporting Clube da Covilhã voltou a pontuar na edição 2021/2022 da Segunda Liga, visto que a deslocação ao terreno da equipa B do Sport Lisboa e Benfica terminou com uma igualdade sem golos, embora não tenham faltado ocasiões para que o nulo estivesse em perigo. 

O conjunto serrano apresentou-se em bom plano e nunca permitiu que o adversário assumisse o controlo do jogo, tendo mesmo desenvolvido lances perigosos para as redes locais, como por exemplo aos 19 minutos, em que um cabeceamento de André Almeida obrigou o guardião Samuel Soares a uma boa intervenção. Aos 26 minutos, os comandados de Wender ameaçaram de novo inaugurar o marcador do Benfica Futebol Campus quando Ahmed Isaiah surgiu isolado diante de Samuel Soares, no entanto, o jogador nigeriano atirou ao lado das redes encarnadas. Até ao tempo de intervalo, as duas equipas procuraram acertar nas balizas opositoras, mas sem qualquer eficácia na hora de rematar, quer pela atenção dos guarda-redes, quer pela má pontaria.

A segunda parte revelou um encontro sempre movimentado e interessante de acompanhar, com a emoção a aumentar de nível no derradeiro quarto de hora, em que não faltaram momentos de perigo junto de ambas as balizas: aos 75 minutos, Henrique Araújo atirou para uma grande intervenção de Léo Navacchio; aos 79 minutos, a passe de Ahmed, Diogo Almeida não acertou nas redes locais quando estava em posição privilegiada para ter sucesso; aos 85 minutos, o guardião Léo Navacchio venceu novamente o duelo com Henrique Araújo; e aos 87 minutos, Diogo Almeida terminou a sua manhã de pontaria desafinada com novo remate ao lado. O último apito do árbitro Carlos Macedo definiu o 0-0 como resultado final, com o Sporting da Covilhã a disputar a próxima jornada já na sexta-feira, quando receber o FC Penafiel no Estádio Santos Pinto.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/5/3

Actualizado em Sábado, 11 Setembro 2021 20:40
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 212
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2517331