História do Sporting Clube da Covilhã
Samson
Terça, 30 Março 2021 00:00

O nigeriano Samson entrou no futebol português através do SC Braga, onde teve maior protagonismo na equipa B, o que possibilitou a sua presença em alguns jogos da formação principal, no total de quatro épocas com a camisola minhota. A carreira de Samson prosseguiu depois por Naval 1º Maio, FC Felgueiras, Desportivo de Chaves, Rio Ave FC e Gondomar SC, antes de assinar pelo Sporting da Covilhã na temporada 2010/2011, proveniente de uma segunda passagem pelo emblema flaviense. Samson jogava na ala esquerda, tanto a defesa como a extremo, tendo realizado 22 jogos oficiais pelo nosso clube, numa época em que a manutenção na 2ª Liga foi alcançada de forma dramática nos derradeiros instantes da competição. Samson rumou posteriormente ao Chipre para representar o Olympiakos Nicosia, terminando a carreira nos escalões amadores de Inglaterra com a camisola do Solihull Moors. Que recordações persistem de Samson com as cores serranas?

Actualizado em Terça, 30 Março 2021 08:45
 
SC Covilhã 0 Casa Pia AC 0
Domingo, 28 Março 2021 00:00

David Santos tenta impedir a progressão de Godwin

Em competições oficiais, o Sporting Clube da Covilhã recebeu hoje pela primeira vez na sua história a visita do Casa Pia Atlético Clube, numa partida que terminou com um nulo e que teve poucos momentos de emoção, com ambos os guarda-redes a passarem uma tarde mais descansada do que certamente esperavam.

A fase inicial do jogo até foi movimentada, com alguns lances de relativo perigo junto das duas balizas, destacando-se a acção de Bernardo Martins logo aos 6 minutos, em que somente a intervenção de um defensor visitante impediu que n.º 31 serrano atirasse para as redes lisboetas. No entanto, o encontro foi avançando para um período algo sonolento, com o Casa Pia a ter mais posse de bola e a formação local a procurar um contra ataque, porém, ambas as equipas sem conseguirem ameaçar seriamente o marcador do Estádio Santos Pinto. Até ao tempo de descanso, a excepção a esta regra verificou-se aos 28 minutos, quando na sequência de um livre apontado por Jean Felipe, o cabeceamento de Jaime Simões levou a bola para as redes forasteiras, contudo, a jogada foi anulada pela arbitragem liderada por Carlos Macedo devido a um suposto fora de jogo do defesa central serrano.

Na etapa complementar, os "gansos" apresentaram-se mais rematadores nos primeiros instantes, nomeadamente, o avançado ganês Malik Abubakari, que em cinco minutos tentou por duas vezes acertar na baliza defendida por Léo Navacchio, todavia, as suas iniciativas não levaram a direcção desejada pelas hostes forasteiras. Com o encontro a continuar pobre de interesse, a resposta covilhanense surgiu nos últimos vinte minutos através de dois cabeceamentos que saíram muito tortos: o primeiro por Jaime aos 72 minutos, após um canto de Jean Felipe na esquerda; e o segundo por Areias aos 84 minutos, no seguimento de um cruzamento de David Santos. Assim, o 0-0 inicial tornou-se em resultado final, com o Sporting da Covilhã a somar mais um ponto para a sua luta pela manutenção na Segunda Liga, seguindo-se novo jogo em casa na sexta-feira, agora tendo como visitante a Académica de Coimbra.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligaportugalsabseg/26/1

Actualizado em Domingo, 28 Março 2021 17:38
 
Noronha
Terça, 23 Março 2021 00:00

Noronha foi uma das aquisições do Sporting da Covilhã para a sua estreia na 1ª Divisão Nacional na temporada 1948/1949, sendo um avançado proveniente do União de Coimbra, precisamente um dos adversários da equipa serrana na 2ª Fase do escalão secundário na memorável época anterior. Na única temporada em que envergou a camisola covilhanense, Noronha efectuou 18 jogos oficiais, nos quais assinou quatro golos, ajudando o nosso clube a alcançar o 11º lugar da classificação, o que significou a manutenção no principal patamar do futebol português. Apesar de garantido o objectivo, a época foi difícil para Noronha e companheiros, visto que o emblema serrano chegou a ocupar a última posição da tabela classificativa em plena segunda volta do campeonato, mas uma sequência vitoriosa nos encontros disputados no Estádio Santos Pinto possibilitaram a desejada recuperação pontual. Que lembranças existem de Noronha com as cores covilhanenses?

Actualizado em Terça, 23 Março 2021 09:42
 
FC Porto B 2 SC Covilhã 1
Domingo, 21 Março 2021 00:00

Não foi feliz a deslocação do Sporting Clube da Covilhã ao terreno da equipa B do Futebol Clube do Porto, visto que sofreu uma derrota por 2-1, num jogo em que chegou a ter duas bolas de desvantagem, reduzidas depois por um golo de Filipe Cardoso, que ainda trouxe alguma esperança às cores serranas.

A formação orientada por Bizarro esteve em plano positivo na fase inicial da partida, conseguindo vários cantos a seu favor e delineando alguns lances problemáticos para a defensiva local, com destaque para o minuto 15, em que foi necessária uma boa intervenção do guarda-redes Ricardo Silva para evitar o sucesso do cabeceamento de Jorge Vilela. Cerca do meio do primeiro tempo, o onze portista inverteu a tendência do jogo e o guardião Léo Navacchio foi chamado a maior trabalho, assinando duas defesas atentas em iniciativas de Gonçalo Brandão e de Carlos Gabriel. No entanto, aos 33 minutos, o tento inaugural acabou mesmo por sorrir aos locais através do brasileiro Evanilson, que atirou cruzado após um passe de calcanhar de Romário Baró. Evanilson ainda voltou a introduzir a bola nas redes visitantes aos 45+2 minutos, porém, o lance foi anulado pela arbitragem chefiada por Manuel Mota por suposto fora de jogo do autor do passe, seguindo assim a diferença mínima para a etapa complementar.

Após o intervalo, o conjunto covilhanense surgiu apostado em alcançar a igualdade, com uma ameaça séria aos 49 minutos, quando Jean Felipe apareceu livre de marcação e atirou para uma boa defesa de Ricardo Silva. Contudo, aos 56 minutos, o objectivo serrano ficou mais complicado, pois, Jaime Simões derrubou Namaso na área forasteira e originou um pontapé de penálti, que Fábio Vieira aproveitou para alargar a vantagem azul e branca no "placard". Porém, os serranos não desanimaram e depressa voltaram a causar problemas ao extremo reduto local, mas uma boa intervenção de Ricardo Silva a remate de Bernardo Martins e um cabeceamento por alto de Gleison não tiveram o impacto desejado no marcador. Até que aos 78 minutos, o emblema covilhanense conseguiu finalmente festejar um golo, com Léo Cá a cruzar na direita para o desvio de cabeça de Filipe Cardoso, que desta forma fixou o resultado em 2-1. Esperavam-se uns instantes finais emocionantes, mas isso não chegou a acontecer, porque o FC Porto B controlou bem o encontro e não permitiu grandes ocasiões aos forasteiros, sendo mesmo os locais a criarem maior perigo aos 80 minutos, com Bernardo Folha a rematar para boa defesa de Léo Navacchio. Com este desaire, o Sporting da Covilhã vê a diferença para os lugares de descida de divisão reduzida para oito pontos, quando faltam disputar nove jornadas da Segunda Liga, seguindo-se a recepção ao Casa Pia no próximo domingo.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligaportugalsabseg/25/9

Actualizado em Domingo, 21 Março 2021 18:41
 
SC Covilhã 1 UD Oliveirense 0
Terça, 16 Março 2021 01:00

André Almeida cabeceia para o único golo do jogo

Vitória importante do Sporting Clube da Covilhã sobre a União Desportiva Oliveirense por 1-0, porque além de deixar o seu adversário deste jogo mais longe na tabela classificativa, também a zona de descida de divisão ficou mais afastada, existindo neste momento uma margem de onze pontos, quando faltam disputar dez jornadas da Segunda Liga.

O conjunto serrano demonstrou cedo que o objectivo era vencer, obrigando o guardião Arthur Augusto a brilhar aos 11 minutos, após um remate executado por Gilberto. Na sequência do canto, a bola chegou mesmo a entrar nas redes visitantes, porém, a arbitragem comandada por Hélder Malheiro considerou haver fora de jogo de um atleta covilhanense. Depois do quarto de hora, a partida foi mais equilibrada e a redonda andou frequentemente na zona intermediária, no entanto, os pupilos de Bizarro voltariam ao domínio do jogo na recta final do primeiro tempo e a baliza da Oliveirense estaria de novo em perigo, principalmente ao minuto 39, quando o cabeceamento de Filipe Cardoso esteve perto do sucesso.

Para a etapa complementar, o onze serrano regressou ainda mais perigoso, assinando sucessivos lances de quase golo junto das redes forasteiras, mas as duas boas intervenções de Arthur e a falta de pontaria local em duas ocasiões impediram os festejos nas hostes covilhanenses. Aos 56 minutos, o cenário deste encontro teve um acréscimo de dificuldade para a Oliveirense, pois, Luisinho rubricou uma falta dura sobre Filipe Cardoso e foi expulso por acumulação de cartões amarelos. Contudo, a superioridade numérica teve um efeito contrário na equipa do Covilhã, que passou a jogar pior e sem delinear qualquer situação mais delicada para a defensiva adversária. Até que aos 83 minutos, depois de um canto cobrado por Jean Felipe na esquerda, o defesa central André Almeida cabeceou triunfalmente para as redes visitantes, fixando assim o resultado em 1-0 e possibilitando a conquista de três pontos para as nossas cores. O Sporting da Covilhã volta a jogar no domingo, desta vez no terreno da equipa B do FC Porto, uma das formações que ocupa neste momento uma posição de descida de escalão.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligaportugalsabseg/24/7

Actualizado em Terça, 16 Março 2021 23:29
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 205
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2357112