História do Sporting Clube da Covilhã
UD Oliveirense 2 SC Covilhã 0
Sexta, 30 Dezembro 2022 00:00

No regresso à competição na Segunda Liga, o Sporting Clube da Covilhã somou mais uma jornada sem vencer ao ser derrotado no campo da União Desportiva Oliveirense por 2-0, continuando assim no último lugar da tabela classificativa, com a agravante de estar mais longe pontualmente dos lugares que valem a manutenção neste escalão.

Este jogo começou cedo a correr mal para o emblema serrano, visto que logo após o primeiro minuto, o árbitro Bruno Vieira assinalou um pontapé de penálti a favor dos locais por considerar faltosa uma intervenção manual de um jogador visitante na sequência de um livre na direita. Jonata Bastos aproveitou o castigo máximo para colocar a Oliveirense na frente do marcador. Os comandados de Alex Costa procuraram reagir à desvantagem no marcador, mas não conseguiram importunar seriamente a defensiva adversária e o guardião Ricardo Ribeiro acabou por ter uma primeira parte algo tranquila. Do outro lado do relvado, Jonata esteve perto de aumentar a contagem aos 24 minutos, mas chegou atrasado ao cruzamento de Jaiminho. Contudo, a formação de Oliveira de Azeméis festejou mesmo novo golo aos 36 minutos, quando Zé Pedro assinou um remate de longe que levou a bola ao fundo das redes de Bruno Bolas, colocando desta forma o 2-0 como resultado ao intervalo.

O segundo tempo foi claramente dominado pelo conjunto covilhanense, com Kukula a dar o primeiro sinal de que a equipa queria inverter o rumo dos acontecimentos num remate que levou perigo à baliza local. Com a Oliveirense a adoptar uma postura defensiva, mas sempre atenta ao contra ataque, os serranos tiveram uma sequência de iniciativas problemáticas para as redes de Ricardo Ribeiro, porém, sem qualquer sucesso na hora da finalização, seja por remates tortos, seja pelas intervenções do guardião anfitrião. Destaque para o minuto 82, em que Ricardo Ribeiro defendeu com categoria a bola atirada por Nuno Rodrigues, que ainda acertou na malha exterior numa segunda tentativa. Os forasteiros tiveram o mérito de nunca desistirem de reduzir a diferença e já em tempo de compensação tiveram duas boas ocasiões para isso (com os locais reduzidos a dez unidades desde os 89 minutos por acumulação de amarelos por Michel Lima), mas Fatai rematou por cima e Kukula cabeceou para mais uma defesa eficaz de Ricardo Ribeiro. Com esta derrota, o cenário fica ainda mais preocupante para as cores serranas, desejando-se que a recuperação possa ter início na próxima jornada, quando o Sporting da Covilhã receber o Vilafranquense no Estádio Santos Pinto.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20222023/ligaportugalsabseg/14/8

Actualizado em Sexta, 30 Dezembro 2022 21:21
 
David Santos
Terça, 27 Dezembro 2022 00:00

David Santos começou a jogar futebol federado no CF Oliveira do Douro, do qual saiu apenas nos juniores para representar Boavista FC e Rio Ave FC, tendo regressado ao emblema gaiense para iniciar o percurso a nível sénior no Distrital da Associação de Futebol do Porto. David Santos prosseguiu depois a carreira no SC Salgueiros, SC Coimbrões, de novo CF Oliveira do Douro e CF Canelas 2010, onde as suas exibições a defesa esquerdo chamaram a atenção do Sporting da Covilhã, que o apresentou como reforço para a época 2020/2021. David Santos envergou a camisola serrana durante duas temporadas, nas quais participou em 41 encontros oficiais, tendo assinado um golo que ajudou a vencer o CD Mafra por 3-1 na eliminatória da Taça da Liga que possibilitou o acesso à Fase de Grupos. Terminada a ligação ao conjunto covilhanense, David Santos rumou a Setúbal para jogar pelo Vitória FC na Liga 3, mas certamente que ficaram recordações das suas actuações no lado esquerdo da defensiva serrana...

Actualizado em Terça, 27 Dezembro 2022 09:54
 
Daffé
Terça, 20 Dezembro 2022 00:00

Proveniente do Étoile Lusitana, o senegalês Abdoulaye Daffé chegou a Portugal para jogar no Desportivo de Chaves, envergando posteriormente as camisolas do Mineiro Aljustrelense, do CD Gouveia, do FC Pedras Rubras e do Gondomar SC, antes de assinar pelo Sporting da Covilhã na temporada 2019/2020. Conhecido pela sua capacidade goleadora, o avançado Daffé não teve o sucesso esperado com as cores serranas, visto que apenas apontou dois golos nos 31 jogos oficiais em que participou, tendo permanecido no nosso clube até meio da época seguinte. Curiosamente, os dois tentos rubricados por Daffé com o símbolo covilhanense foram em partidas que terminaram empatadas a duas bolas, em concreto, numa deslocação ao CD Mafra e numa recepção ao Vilafranquense, ambas na Segunda Liga. A meio da temporada 2020/2021, Daffé rumou ao Torreense, jogando depois novamente pelo Gondomar SC, mas actualmente representa o FC Oliveira do Hospital na Liga 3. Que recordações têm de Daffé com o emblema serrano?

Actualizado em Terça, 20 Dezembro 2022 12:51
 
Jantar de Natal - História SC Covilhã
Quinta, 15 Dezembro 2022 00:00

Realizou-se no passado dia 12 de Dezembro o tradicional jantar de Natal do site História do Sporting Clube da Covilhã, numa altura em que este nosso espaço já conta com 13 anos de existência e perto de três milhões de visualizações, salientando-se o trabalho efectuado nos últimos meses no sentido da edição da segunda parte do Livro História do Sporting Clube da Covilhã, que integrará as épocas posteriores a 1990, sendo uma iniciativa para estar concluída a tempo da comemoração do centenário do nosso clube.

Este jantar natalício teve lugar na sede do Grupo Recreativo Refugiense, a qual recebeu cerca de 80 amigos do site, num número que tem aumentado bastante de edição para edição, em que, para além dos fundadores e amigos que acompanham o site desde sempre, temos tido a presença de antigas glórias do Sporting Clube da Covilhã. O objectivo, para além do convívio e o gosto pelo SC Covilhã, passa sempre pelos participantes trazerem um novo participante para o ano seguinte.

O site História do Sporting Clube da Covilhã ofereceu neste jantar ao presidente do clube umas verdadeiras relíquias relacionadas com a história do emblema covilhanense, lançando o desafio a José Mendes para a criação de um museu, em que este e outro espólio esteja disponível para visita dos sócios, simpatizantes e interessados na grandeza da agremiação serrana. 
Texto: Eugénio Lopes.
Fotografias: Filipe Pinto - Foto Académica.
Actualizado em Quinta, 15 Dezembro 2022 17:54
 
SC Covilhã 1 CD Nacional 2
Quarta, 14 Dezembro 2022 00:00

Serranos e madeirenses despediram-se da Taça da Liga

Tal como no jogo a contar para a Segunda Liga desta época, o Sporting Clube da Covilhã foi derrotado por 1-2 na recepção ao Clube Desportivo Nacional depois de estar em vantagem no marcador, agora num encontro integrado na última jornada do Grupo E da Taça da Liga e em que o nosso clube já não tinha qualquer hipótese de passar aos Quartos de Final da prova.

Numa partida condicionada pela chuva, a equipa madeirense, ainda com esperanças de seguir em frente na competição, começou por revelar-se mais atacante, criando alguns lances delicados para a defensiva local e chegando mesmo a festejar um golo aos 32 minutos, com Dudu a empurrar com o peito a bola para as redes serranas após duas boas intervenções do guardião Bruno Bolas, no entanto, o tento foi depois anulado por indicação do VAR devido a posição irregular de um jogador visitante. O golo que contou para inaugurar o marcador foi apontado na outra baliza aos 39 minutos, quando Gildo colocou os covilhanenses na dianteira com um remate potente que ainda sofreu um desvio num opositor, num resultado que não teve alteração até ao tempo de descanso.

Na segunda parte, os alvi-negros alcançaram o empate aos 52 minutos por intermédio de Rafael Vieira, que atirou forte após um ressalto na defensiva local. Os comandados de Alex Costa procuraram reagir ao tento sofrido, porém, o onze do Nacional estava mais forte e Bruno Bolas foi obrigado a trabalho atento na baliza serrana. Contudo, o conjunto forasteiro conseguiu mesmo assinar o golo do triunfo aos 86 minutos, em que Bruno Gomes cabeceou com êxito a bola vinda da direita e fixou o desfecho desta partida em 1-2. Nos instantes finais do jogo, o conjunto covilhanense esteve muito perto da igualdade em duas situações, mas o guarda-redes Rui Encarnação e a barra da sua baliza impediram o sucesso das iniciativas de Ângelo Meneses e de Sena Yang. O derradeiro apito do árbitro Diogo Rosa sentenciou a junção do CD Nacional ao Sporting da Covilhã no lote dos eliminados da Taça da Liga, visto que a vitória madeirense não foi suficiente para ultrapassar o apurado Gil Vicente, que também venceu no terreno do Portimonense. O emblema covilhanense voltará a jogar apenas no dia 30, deste vez no terreno da Oliveirense para o regresso da Segunda Liga.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20222023/allianzcup/3/10

Actualizado em Quarta, 14 Dezembro 2022 23:36
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 237
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2894267