História do Sporting Clube da Covilhã
Bilel Aouacheria
Terça, 23 Novembro 2021 00:00

Bilel Aouacheria efectuou todo o percurso de formação no histórico AS Saint-Étienne, no qual também actuou a nível sénior na equipa B, rumando depois ao Sporting da Covilhã na época 2014/2015, onde assumiu grande protagonismo logo nas primeiras exibições. Essa temporada foi muito boa para Bilel e para o nosso clube, que por pouco não subiu à 1ª Liga, continuando o extremo com as cores serranas até ao início da época 2017/2018, pelas quais totalizou 71 jogos oficiais e 15 golos, embora pelo meio também tenha actuado pela equipa B do Sporting CP. A qualidade de Bilel permitiu depois fixar-se na mais alta divisão do futebol português, na qual já envergou a camisola de Moreirense FC, SC Farense e, neste momento, Gil Vicente FC. Que lembranças persistem das actuações de Bilel no conjunto covilhanense?

Actualizado em Terça, 23 Novembro 2021 09:44
 
Erivelto
Terça, 16 Novembro 2021 00:00

O ponta de lança Erivelto chegou ao futebol português na temporada 2014/2015 para envergar a camisola do Sporting da Covilhã, sendo proveniente do Madureira EC, um popular emblema do Rio de Janeiro. O goleador brasileiro assinou logo uma época formidável ao apontar 26 golos nos 50 jogos oficiais em que participou com as cores serranas, numa temporada em que o nosso clube lutou pela subida à 1ª Liga até aos últimos instantes do campeonato. Este rendimento levou Erivelto até ao Qatar para actuar no Al-Mesaimeer, regressando depois a Portugal para jogar pelo Boavista FC no principal escalão do futebol nacional, onde não foi feliz, voltando ao conjunto covilhanense a meio da época 2016/2017. Neste segundo período na equipa serrana, Erivelto disputou 27 encontros e rubricou dez golos, repartidos entre o final da temporada 2016/2017 e o início de 2017/2018, visto que o avançado brasileiro rumou posteriormente à Tailândia, onde tem representado diversos clubes. Que memórias ficaram dos golos de Erivelto com o símbolo covilhanense?

Actualizado em Terça, 16 Novembro 2021 09:38
 
Bonani
Terça, 09 Novembro 2021 00:00

O brasileiro Bonani chegou ao futebol português na época 2017/2018 para representar o Sporting da Covilhã, sendo proveniente da Ferroviária de Araraquara, um emblema do estado de São Paulo onde realizou boas exibições como extremo. O jovem Bonani envergou a camisola do nosso clube durante três temporadas, tendo participado em 56 jogos oficiais, nos quais marcou cinco tentos, com destaque também para o bom número de assistências para golo. O tento mais mediático de Bonani terá sido diante do SL Benfica, numa partida da Taça da Liga, em que o conjunto covilhanense empatou a uma bola com a equipa lisboeta no Estádio Santos Pinto. Depois da formação serrana, Bonani rumou ao Casa Pia AC, mas a meio da época foi emprestado ao Estrela da Amadora, regressando depois ao seu país, onde joga actualmente no Catanduva FC, que participa no segundo escalão do Campeonato Paulista. Que recordações têm de Bonani com as cores serranas?

Actualizado em Terça, 09 Novembro 2021 09:49
 
SC Covilhã 0 SC Farense 0
Domingo, 07 Novembro 2021 00:00

Serranos e algarvios lutam pela posse de bola

Mais uma jornada em que o Sporting Clube da Covilhã não conseguiu conquistar uma vitória, visto que o nulo foi o resultado final da recepção ao Sporting Clube Farense, numa partida marcada pelo forte vento que se fez sentir no Estádio Santos Pinto, o que dificultou bastante o desempenho dos jogadores.

Na fase inicial deste jogo até surgiram alguns lances de maior emoção, como aconteceu aos 8 minutos, em que Bura introduziu mesmo a redonda nas redes serranas, no entanto, a arbitragem liderada por Bruno José Costa anulou a acção visitante por fora de jogo. A resposta local verificou-se aos 14 minutos, quando após um livre cobrado por Jean Felipe, Helitão cabeceou torto em plena área algarvia. Com o vento a intensificar-se, as equipas tiveram dificuldades de adaptação a este facto e o futebol praticado esteve longe de ser interessante, apesar do visível empenho dos atletas de ambas as formações. E a primeira parte terminou sem mais iniciativas dignas de registo...

No segundo tempo, o Farense esteve por cima no encontro e ameaçou inaugurar o marcador por duas vezes, quer num cabeceamento de Lucca, quer num remate de Elves Baldé, ambos ao lado da baliza de Léo Navacchio. Os comandados de Filipe Rocha responderam mais tarde também com dois lances: aos 60 minutos, Ahmed Isaiah atirou rasteiro um pouco ao lado das redes de Ricardo Velho; e aos 64 minutos, Lucas Barros cobrou um canto na direita para Helitão cabecear por alto já com o guardião forasteiro fora da jogada. No entanto, o conjunto algarvio revelava maior vocação ofensiva e em acções quase sucessivas voltou a perturbar a defensiva serrana: primeiro, Mayambela rematou forte para as mãos de Léo Navacchio; depois, Elves Baldé fez a bola passar perto das redes locais ao atirar cruzado. Mesmo com a presença do vento, a etapa complementar foi mais interessante de acompanhar, porém, sem o 0-0 ser desfeito, com o Sporting da Covilhã a somar o nono jogo consecutivo sem vencer na Segunda Liga.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/11/5

Actualizado em Domingo, 07 Novembro 2021 22:59
 
Marciano
Terça, 02 Novembro 2021 00:00

O médio direito Marciano chegou ao Sporting da Covilhã na época 1954/1955, sendo proveniente do Sport Bissau e Benfica, um dos clubes históricos da Guiné-Bissau, onde as suas exibições despertaram a atenção da vários clubes portugueses. Com o nosso emblema a competir na 1ª Divisão Nacional, o jovem Marciano não teve muitas oportunidades para demonstrar a sua qualidade e no final da temporada acabou por rumar ao Lusitano de Évora. No conjunto alentejano, Marciano teve maior protagonismo e arrancou para diversas presenças no mais alto escalão do futebol nacional, principalmente pelo clube eborense, mas também por Os Belenenses, SC Braga, CD Feirense e SC Olhanense. Marciano ainda representou o CS Marítimo depois da passagem pelo emblema azul de Lisboa e no final de carreira actuou por Marinhense e União de Leiria. Que memórias permanecem de Marciano com as cores serranas?

Actualizado em Terça, 02 Novembro 2021 09:41
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 4 de 218
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2623192