História do Sporting Clube da Covilhã
Leopoldo Florêncio
Terça, 26 Janeiro 2021 00:00

Leopoldo Florêncio foi um dos reforços do Sporting da Covilhã para a estreia na 1ª Divisão Nacional na temporada 1948/1949, sendo proveniente do GD Estoril Praia, que também militava no escalão primodivisionário. Na única época em que envergou a camisola serrana, Leopoldo participou em 22 jogos oficiais, nos quais apontou um golo, mais precisamente numa vitória por 5-2 sobre o Sporting CP, que serviu de rampa de lançamento para a equipa covilhanense garantir a manutenção na 1ª Divisão Nacional. Leopoldo e companheiros tiveram ainda uma boa campanha na Taça de Portugal, tendo afastado o Desportivo de Beja, a GD CUF do Barreiro e o SC Braga, antes de serem eliminados nas Meias Finais pelo Atlético CP. Leopoldo actuava normalmente no sector defensivo, representando depois o Beira-Mar e o Oriental de Lisboa, este último também no principal patamar do futebol nacional. Que memórias persistem de Leopoldo com as cores serranas?

Actualizado em Terça, 26 Janeiro 2021 10:18
 
Carrola Pinheiro
Terça, 19 Janeiro 2021 00:00

O guarda-redes Carrola Pinheiro integrou o plantel do Sporting Clube da Covilhã a partir da época 1945/1946 e durante duas temporadas, no tempo em que o nosso clube era o crónico Campeão Distrital, com o consequente apuramento para disputar a 2ª Divisão Nacional. Na primeira época de Carrola Pinheiro com as cores serranas, a participação no escalão secundário ficou-se pela fase inicial, mas na temporada seguinte, o emblema covilhanense venceu o Grupo D - Série 13 e garantiu a presença no "play-off" de acesso à 1ª Divisão Nacional, jogando na eliminatória inaugural com o CF Os Elvenses, na qual triunfou por 1-0, sendo Carrola Pinheiro o titular da nossa baliza nessa partida. Com a passagem aos Quartos de Final do "play-off", Carrola Pinheiro (agora sem estar nas redes) e colegas tiveram pela frente o Lusitano FC de Vila Real de Santo António, em que a forte equipa algarvia levou a melhor por 2-1 e afastou o onze covilhanense do acesso ao principal escalão do futebol português. Devido ao alto nível da concorrência pelo lugar de guardião, Carrola Pinheiro não foi muito utilizado, porém, certamente que não faltarão recordações da categoria das suas defesas...

Actualizado em Terça, 19 Janeiro 2021 10:34
 
GD Estoril Praia 0 SC Covilhã 0
Segunda, 18 Janeiro 2021 00:00

Mesmo com apenas treze jogadores disponíveis para este jogo, o Sporting Clube da Covilhã conquistou um ponto no terreno do Grupo Desportivo Estoril Praia, actual líder destacado da Segunda Liga, numa demonstração de enorme atitude que possibilitou segurar o nulo até ao derradeiro apito do árbitro Tiago Martins.

A equipa serrana apresentou-se em campo com uma compreensível postura defensiva, perante um adversário mais virado para o ataque, mas sem conseguir melhor do que um ou outro lance merecedor da atenção do guarda-redes Léo Navacchio. No entanto, os atletas orientados por Capucho não se limitaram a acções defensivas, tendo assinado algumas saídas para o contra ataque, nomeadamente por Léo Cá no corredor direito. A parte final do primeiro tempo trouxe ao encontro as suas iniciativas mais perigosas: aos 38 minutos, João Carlos atirou para uma boa intervenção de Léo Navacchio; e aos 40 minutos, João Cardoso concluiu uma contra ofensiva serrana com um remate que passou um pouco por cima das redes de Daniel Figueira.

No período complementar, o Estoril entrou muito mais movimentado e criou uma série de oportunidades para inaugurar o marcador do Estádio António Coimbra da Mota, porém, quer a eficácia de Léo Navacchio entre os postes (com destaque para o minuto 50 a remate de Bruno Lourenço), quer a constante incorrecta pontaria do francês Rosier, foram aumentando a crença covilhanense em pontuar. O onze "canarinho" continuou a procurar o triunfo, mas voltou a pecar na finalização aos 70 e aos 79 minutos, com Lazare e Bruno Lourenço, respectivamente, a rematarem ao lado em posição privilegiada para o êxito. Com o passar do tempo, os serranos ganharam ainda mais confiança na defesa, em que o central André Almeida liderou um sector que não permitiria outros perigos para a sua baliza, sendo até o nosso emblema a protagonizar um momento de emoção junto das redes locais aos 86 minutos, quando Daniel Figueira teve que sair perante Deivison para evitar o desvio triunfal do avançado brasileiro. O Sporting da Covilhã somou desta forma o terceiro empate consecutivo no campeonato, seguindo-se a recepção ao Académico de Viseu já na sexta-feira.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligaportugalsabseg/16/4

Actualizado em Segunda, 18 Janeiro 2021 20:58
 
Fonseca da Silva
Terça, 12 Janeiro 2021 00:00

António Fonseca da Silva integrou o plantel do Sporting da Covilhã a partir da época 1947/1948 e durante duas temporadas, sendo um avançado proveniente do Sporting CP. Foram dois anos importantes para o nosso clube e a que Fonseca da Silva fica para sempre associado, visto que o emblema serrano começou por sagrar-se Campeão Nacional da 2ª Divisão, com a consequente estreia no mais elevado patamar do futebol português no ano seguinte. Nessas duas temporadas, entre 1ª e 2ª Divisão Nacional, Fonseca da Silva envergou a camisola covilhanense em 34 jogos oficiais, nos quais apontou 16 golos, destacando-se a época da subida de divisão, em que o avançado contribuiu com quinze tentos para o sucesso das cores serranas. Fonseca da Silva rumou depois ao SC Braga, onde continuou a actuar no escalão primodivisionário durante algumas épocas. Que momentos recordam de Fonseca da Silva no onze serrano?

Actualizado em Terça, 12 Janeiro 2021 14:25
 
SC Covilhã 1 SL Benfica B 1
Domingo, 10 Janeiro 2021 00:00

Léo Cá perseguido por Paulo Bernardo

E não há maneira do Sporting Clube da Covilhã regressar às vitórias na Segunda Liga, porque nesta jornada não conseguiu melhor do que o empate a uma bola com a equipa B do Sport Lisboa e Benfica, com o golo que valeu a igualdade a ser apontado por Areias aos 90+5 minutos.

Numa tarde fria e com vento, os serranos foram a primeira equipa a criar perigo, quando aos 7 minutos, um cruzamento traiçoeiro de Jean Felipe levou a bola ao travessão da baliza forasteira, mas a resposta benfiquista não demorou a surgir através de um remate de Henrique Araújo ao lado. A partida estava animada, revelando dois onzes empenhados em alcançar o sucesso, com lances problemáticos a surgirem nas duas áreas, contudo, após a meia hora, o conjunto encarnado foi superior e os locais passaram por algumas dificuldades para segurarem o nulo que se verificava ao intervalo.

Na etapa complementar, o SL Benfica B permaneceu com o ascendente que terminou a primeira parte e Ronaldo Camará protagonizou uma ameaça às redes covilhanenses aos 56 minutos, obrigando o guardião Léo Navacchio a uma intervenção atenta para manter o resultado. Aos 65 minutos, o marcador foi mesmo inaugurado pelo conjunto lisboeta por Paulo Bernardo, que atirou certeiro na conclusão de uma boa jogada colectiva. Os comandados de Capucho não assinaram uma reacção imediata e até estiveram perto de sofrer novo golo aos 72 minutos, em que Ronaldo Camará rematou ao poste. Continuando a diferença mínima no "placard", a equipa serrana acreditou que podia evitar a derrota e a redonda passou a ser colocada com mais frequência na área adversária, com o tento do empate a surgir aos 90+5 minutos por intermédio de Areias, que cabeceou com êxito um cruzamento de Léo Cá na direita. Volvidos poucos instantes, o árbitro Vítor Ferreira deu o encontro como terminado, com o Sporting da Covilhã a somar um ponto, mas elevando para cinco o número de jogos consecutivos sem vencer no campeonato, seguindo-se uma deslocação ao terreno do Estoril Praia no próximo dia 18.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligaportugalsabseg/15/7

Actualizado em Domingo, 10 Janeiro 2021 18:52
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 7 de 205
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2357016