SC Covilhã 2 CD Mafra 2
Quinta, 18 Fevereiro 2021 00:00

Filipe Cardoso cabeceia para o primeiro golo serrano

Ainda não foi neste jogo que o Sporting Clube da Covilhã regressou aos triunfos, visto que não foi além de um empate a duas bolas diante do Clube Desportivo de Mafra, estando até muito perto de ser derrotado, porque o golo que salvou um ponto foi obtido em cima dos 90 minutos.

Com o vento e a chuva a marcarem presença no Estádio Santos Pinto, o primeiro momento de felicidade pertenceu à formação visitante aos 8 minutos, quando após um canto na esquerda, a bola sobrou para o cabeceamento oportuno de Rodrigo Martins, que assim colocou o Mafra na dianteira do marcador. Perante o tento sofrido, os comandados de Bizarro tiveram de correr em busca de outro resultado, mas revelaram mais uma vez grandes dificuldades no sector atacante, não desenhando qualquer jogada de evidente perigo para as redes forasteiras. As bolas paradas assumiam o maior protagonismo no encontro e foi desta forma que a equipa covilhanense chegou à igualdade aos 41 minutos, com Gleison a cobrar um canto na direita para Filipe Cardoso cabecear com êxito e fixar o 1-1 para o tempo de descanso.

A segunda parte começou com lances problemáticos junto das duas balizas, porém, o conjunto serrano apresentava-se mais dinâmico e com capacidade para importunar seriamente os adversários, como aconteceu aos 59 minutos, em que Enoh atirou para uma grande defesa de Carlos Henriques. Aos 62 minutos foi Léo Cá que assinou uma bela iniciativa, que só pecou na direcção do remate, ao acertar na malha exterior da baliza mafrense. E com a partida a revelar sinal mais para o onze serrano, foi o Mafra que se voltou a adiantar no "placard" aos 76 minutos, com Andrezinho a rubricar um remate forte e colocado para as redes locais. Cenário complicado para os anfitriões, que não demoraram a procurar uma realidade diferente da derrota, estando perto de garantir esse objectivo em duas situações: aos 83 minutos, na sequência de um livre, a redonda cabeceada por Jaime foi devolvida pelo poste; e aos 89 minutos, o guardião Carlos Henriques conseguiu evitar que a bola chegasse à cabeça de Enoh quase em cima da linha de baliza. O prémio para o esforço covilhanense surgiu em cima dos 90 minutos, com André Almeida a cabecear para o 2-2 num pontapé de canto apontado por Gleison na direita. Passados alguns instantes, o árbitro Hugo Silva apitou para o final do jogo, com o Sporting da Covilhã a somar o nono encontro seguido sem uma vitória na Segunda Liga, continuando assim numa zona difícil da tabela classificativa, sendo a próxima partida no campo do Varzim SC, precisamente um dos emblemas que está atrás dos serranos.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20202021/ligaportugalsabseg/13/7

Actualizado em Quinta, 18 Fevereiro 2021 14:58
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2517205