SC Covilhã 1 Leixões SC 1
Domingo, 24 Abril 2022 00:00

Rui Gomes atira para as redes leixonenses

Perante cerca de 1.500 espectadores, o Sporting Clube da Covilhã não foi além de um empate a uma bola na recepçã ao Leixões Sport Clube, num jogo em que esteve em vantagem no marcador devido ao golo de Rui Gomes, mas permitindo a igualdade no início da segunda parte.

Ainda alguns adeptos entravam no Estádio Santos Pinto e os serranos apanharam logo um susto neste jogo importante para as contas da manutenção na Segunda Liga, é que aos 2 minutos, no meio de um lance algo confuso, Zag obrigou Léo Navacchio a uma defesa espectacular para evitar os festejos visitantes. No entanto, o conjunto local não acusou esta ameaça e até dominou esta fase do encontro, delineando algumas acções perigosas para a baliza do emblema de Matosinhos, com destaque para o minuto 24, quando Kukula cabeceou um pouco ao lado das redes adversárias após um canto de Jean Felipe na direita. E aos 36 minutos surgiu mesmo o golo covilhanense, com Tiago Moreira a cruzar no lado direito para Rui Gomes aparecer na área a rematar certeiro, provocando uma visível alegria nas hostes locais. Aos 45 minutos, a formação serrana ainda voltou a introduzir a bola na baliza nortenha por Helitão, mas a arbitragem liderada por Luís Godinho tinha anulado o lance por fora de jogo do defesa central brasileiro, permanecendo assim a diferença miníma no marcador para o período de descanso.

A etapa complementar começou mal para as cores serranas, visto que o Leixões celebrou o empate aos 50 minutos pelo recém-entrado João Oliveira, que foi eficaz a rematar após um cruzamento de Kiki na esquerda que a defensiva local não conseguiu interceptar. O cenário estava agora mais complicado para o nosso clube e o nervosismo pairava no estádio serrano, com os adeptos a focarem também a sua atenção no árbitro Luís Godinho, que aos 65 minutos considerou não haver motivo para pontapé de penálti numa jogada de Rui Gomes na área forasteira. Os comandados de Leonel Pontes acreditaram na vitória até ao final do jogo e tiveram duas boas ocasiões para concretizarem esse objectivo: aos 84 minutos, um cabceamento de Helitão passou muito perto da baliza defendida por Bernardeau; e aos 90+3 minutos, Kukula cruza na direita para Samu não conseguir encostar a bola nas redes leixonenses, já com o guardião Bernardeau completamente batido. Foi o desespero nas cores serranas, que através deste 1-1 veêm as contas da permanência ficarem mais difíceis, seguindo-se uma deslocação do Sporting da Covilhã ao campo do Varzim SC, precisamente um dos opositores directos nesta corrida.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/31/5

Actualizado em Domingo, 24 Abril 2022 20:08
 

Comentar


Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2714138